domingo, 31 de julho de 2011

Comunicado aos órgãos do MPE, FEPAM e CABM


Prezados(as) Senhores(as) Promotores(as), Diretores(as) e Comandantes,
E-MAIL ENVIADO PARA MP TAPES, CAOMA, OUVIDORIA/MPE-RS, DIREÇÃO TÉCNICA E DIVISÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS DA FEPAM, COMANDO AMBIENTAL DO ESTADO E 1º PELOTÃO DO CABM

Envio imagens da situação do Lixão da Camélia na data de hoje (31/07/2011 - 14:00) data de encerramento das atividades de despejos de lixos no conhecido Lixão das Camélias, quando no sábado e sexta a entrada de caminhões carregados com entulhos de toda a ordem, permitiram esconder os buracos de lixos com chorume expostas a céu aberto. Foram cobertos por restos de obras, de podas de vegetação, tocos de árvores, terra vegetal, lixos domésticos e inservíveis, como pneus e outros tipos de resíduos. Nenhuma grama de saibro, que deveria ser o material correto para este tipo de operação de selamento de buracos com lixos.
Tal material "utilizado" para esconder os buracos com lixos e chorumes, que jamais poderia ter sido usada com o objetivo de tapar os lixos, poderá ainda ocasionar maiores danos ao meio ambiente.
Enviamos estas imagens para conhecimento dos senhores(as) afim de que observem nos meses seguintes se a Prefeitura irá cumprir a seqüência de condicionantes aplicadas pela FEPAM e Justiça da Comarca de Tapes, para que recuperem a área e controlem a poluição ambiental, que ainda permanecem, mesmo após condenados ao fechamento, nada fizeram para cumprir com a recuperação até o momento.
Agradecemos a cada técnico e autoridade pública que contribuiram para ajudar neste fechamento, quando um crime ambiental desta monta, perdura por 29 anos, sem que tenham sido evitadas as condições de agressão, degradação, poluição, contaminação neste período, mas que agora, com a autuação da DISA em 21 de setembro de 2010 e a da decisão da juiza local em 30 de março de 2011, podemos afirmar que a situação tende a mudar a realidade da coleta e destino dos lixos da cidade.
O que não esperavamos, foi a atitude do Governo Municipal de Tapes, que utilizando-se de dinheiro público para publicar panfletos, usou de um Comunicado Público para alertar a população de um fato bem conhecido na cidade, a Ação Popular contra a Prefeitura Municipal, quando usam de má-fé neste expediente para jogar a culpa pelas "despesas futuras" no denunciante, citando meu nome de forma a colocar-me o medo ou incitar algum cidadão para alguma agressão contra minha pessoa.
O que observo neste caso, é o desespero do Administrador, que ao me atacar e ao MP por ter aceito a denúncia, assume na verdade sua incapacidade e incompetencia para gerenciar este problema, tendo mantido durante mais de 5 anos condições adversas e contrárias a Legislação Ambiental, sendo punido, autuado, multado e condenado a fechar aquele lixão por total falta de condições de operação e por descumprir os prazos, tacs, licenças, processos administrativos que assumiu e não cumpriu.
Tanto o Ministério Público, como o órgão ambiental do Estado, a Comarca de Tapes jamais teriam aceitado uma vírgula de minha denuncia, não fosse plena a situação de crime ambiental existente naquele local. Porquanto, aguardaremos efetivamente que não seja mais levado lixos para aquele local, e que seja cumprido o restante da sentença da Justiça, que preve ainda a recuperação e controle da poluição no local.

Saudações ecologistas e Muito Obrigado!

Julio Wandam
Coordenador de Os Verdes/RS
GTCOM/REDE Os Verdes
Tapes/RS - 31 de julho de 2011 - 23:20

Tapes kresse i progrédi II - A gente acredita em ‘mula-com-cabeça’

Seu Emílio, assim como os ambientalistas, acredita em mula-com-cabeça

Tapes kresse i progrédi II
A gente acredita em ‘mula-com-cabeça’
Sempre que me deparo com algumas pedras no caminho, não rezo pedindo que meu fardo seja leve, mas peço que meus ombros tenham mais forças para carregar os pesos de minha jornada aqui na terra.
Os pneus continuam acumulando água, não permitidos nestes locais
Mas quando me deparo com insanidades, como qualquer outro cidadão comum desta cidade, acabo indignando-me em nome de muitos que não se manifestam ou fazem da justiça o seu modo de nortear os interesses, quando muitos são servis voluntários, visto se beneficiarem de uma condição que lhes coloca acima de outros, como isso fosse perene, não analisando o quanto efêmero é este tempo que se passa quando são eleitos para assumirem uma cidade, guiarem os destinos de uma gente que vota e espera resultados e não debates políticos em salão de beleza, mas sim na Câmara de Vereadores, onde até parece, me falaram, usaram a instituição da Tribuna Livre para falarem da saída do Falcão do Inter e do Mano Menezes como técnico da seleção.
A Operação "Fecha Lixão" da Prefeitura removeu entulhos para tapar lixos domésticos
Assunto importante, a Copa 2014 está chegando, quem sabe as obras de revitalização não são o indício de que sopram ventos melhores para Tapes, afinal, até cata-ventos já querem instalar. 
O futuro chegando a galope! Deveria ser esse o 'slogan' governamental, pois ninguém mais está tão unido e forte nos últimos tempos, mesmo que tentem esconder o sol com a peneira, a re-edição da malfadada "União in-Popular", que antecedeu o governo do home-do-relho II, agora já mostra que está com vazamentos, e dos grandes, por que o que sai de coisa de dentro "da caixa" é "felômenal". 
Lixos secos separados, o que demonstra presença de catadores
Ela flutua, ainda, por que muitos seguram como podem a corda para não caírem no fundo do poço, quando a cidade espera como disse a Cristina, que “se faça o mínimo, antes do máximo” que se projeta para daqui vinte anos, quando a cidade kresse i progrédi, e ainda não tem Plano Diretor, "por que não é obrigatório" antes de ter 20 mil habitantes. Então a cidade se enche de prédios e loteamentos antes, e depois vamos ver se eles estão dentro da lei de uso e ocupação de solo, dentro das leis de saneamento, dentro das leis de edificações, e por aí vai. 
Muito boa a estratégia usada pelo "sistema" que governa junto a cidade, com aqueles eleitos à cada quatro anos, e outros que mesmo com mais tempo, fazem mais promessas e pouco resultado. 
Pequenos locais ainda mostram as poças de chorume acumulados
Contudo, ainda há esperança, e como muita gente na cidade espera que um dia ela seja uma cidade do futuro, quando poderemos até projetar calçadões, belvederes, bosques e outras "fantasias", desde que as crianças das famílias tapenses possam estar utilizando as creches, a população possa ser atendida por médicos nas áreas diversas, a merenda esteja na escola de todas as crianças, os comerciantes tenham lucros, empreguem gente, construam lojas, que as indústrias cresçam e empreguem gente, tenham lucros, ajudem a cidade a crescer, pois só assim teremos condições para buscar R$ 370 mil reais do Cofre Estadual para fazer projetos, maquetes e filminhos de projeções que não serão implantadas por total falta de condições de se fazer obras que não contemplam o povo em primeiro lugar, quando mantiveram a Vila do Náutico no lugar e na Vila dos Pescadores as casas continuarão dentro da água. 
Lixos a céu aberto, expostos e poluindo
Por este motivo, tais projeções poderão um dia existir, um dia, mas não enquanto as pessoas não têm luz nos postes, tem muitos buracos no chão de sua rua, os lixos acumulam pelos quatro cantos de Tapes, bebam água de cacimba, sem que se veja uma luz no fim do túnel, mas sim uma chama de vela de um velhinho de barbas longas e brancas, de túnica lilás, lhe dizendo, antes de você acordar do sonho, '- vêm, é por aqui para sair deste buraco'.
Tô começando a acreditar em ‘duende’ e em ‘mula-com-cabeça’!!
Por Júlio Wandam
Ambientalista

Tapes "kresse i progrédi!"


 Tapes "kresse i progrédi!"
Mais uma vez, ou melhor, "era uma vez", uma cidade governada por uma pessoa sem capacidade de intelecto e sem vontade de disfarçar melhor sua condição de déspota, e outros elogios que deixariam Calígula e todos os Césares romanos ruborizados, tamanha sordidez e manipulação da verdade e dos fatos feita por quem deveria, por juramento prestado, assumir sua condição de "responsável legal" pela gestão da cidade, pacata e ordeira, que no estágio que se encontra, "kresse i progrédi". 
Seu Emílio, espera que seja este o último dia que depositam lixos em suas terras
Na tentativa de escamotear a verdade e com ilações desfalcadas de sentido, permite, autoriza e concorda com o uso de dinheiro público em panfletos para atacar aquele, que com coragem, já denunciou os outros prefeitos que lhe antecederam, e que, após aplausos pela decisão judicial em 2004, com a abertura de um processo de Ação Popular vir à "incomodar" seu desafeto político no pleito eleitoral daquele ano, agora, sofre as mesmas conseqüências por sua incapacidade e falta de vontade política em resolver uma questão que se arrasta 13 anos, dos quais estão no total 29 anos poluindo área de importância ambiental ao norte da cidade. 
Pelo menos, o Prefeito anterior é digno, por não pessoalizar a questão na época em que estava sendo acionado pela má gestão dos resíduos sólidos de Tapes.
Quando o atual utiliza deste expediente, mostra o quanto sórdida é sua má-fé, onde não expõe os motivos da decisão judicial tê-lo sentenciado à fechar o lixão, "por total falta de condições no local e pela má operação realizada para dar destino aos lixos da cidade". 

Prefeitura tapou os resíduos domésticos com entulhos e podas de árvores
Esta vergonha, não é exclusiva deste "alcaide", que se julga soberano em sua magnífica condição de mandatário-mor de uma terra, que pensa, ser "seu reino".
Não é mesmo! E quando atesta sua incompetência, ao publicar um panfleto me citando como seu "algoz", e que lhe colocou multa, despesas e outros "pepinos e abacaxis" para descascar, assume que no período de quatro anos, brincou com a Justiça, MP, FEPAM, e já no estertor de sua condição de criminoso ambiental, ainda recebeu mais 120 dias para resolver a questão, já sentenciado à fechar o lixão neste período. E sabe o que o gestor-máximus da cidade fez? Nada! 

Os lixos expostos ao céu aberto contaminam o ar, o solo e as águas do lugar
Nem mesmo, recorreram da autuação da FEPAM, em setembro de 2010, quando foi flagrado após quatro anos sem licença ambiental de operação, pelo órgão ambiental que deu colher-de-chá para a Prefeitura desde 1997, para resolverem a questão. Hoje estão sendo acionados também pelo Estado, pelo órgão ambiental que julgou procedente a autuação realizada em 21/09/2010, fruto de fiscalização realizada naquela data e que comprovou a continuidade do crime ambiental. 
Durante este tempo, em que este atual "alcaide" se encontra no Paço Municipal, passou “muito tempo” e a promessa de resolver a questão não funcionou, após seis anos iludindo Judiciário, Ministério Público, FEPAM, e até mesmo a comunidade, que ao receberem o panfleto na sexta-feira, dia 29 de julho, muitos me ligaram para me dizer sobre esta "idéia" de algum primo dos cavalos que habitarão a cidade vizinha. 
Pneus e outros lixos em meio aos montes de resíduos inertes
Ao fazerem isso, deixaram as condições necessárias para o restabelecimento da verdade. Ao iludirem com a idéia de despesas "extras" para a municipalidade, fazem deste 'mantra' sua única saída para justificarem a continuidade da agressão ambiental, que foi denunciada por quem ele acusa de ser o responsável pela Ação Popular contra a Administração ignorante que durante muito tempo preferiu ver "eu" o problema, e não chorume que escorre pelo campo e contamina o gado que pasta ao lado, quando permite que crianças pequenas daquele local utilizem o lixão para sua área de "playground", estes sim, “problemas de grande porte”. 
Será que as crianças de "os butiás" e de "as capivaras" vão usar as áreas de "playground" do prometido calçadão da Pinvest? Antes de passearem pelo "calçadão", quem sabe eles queiram as condições mínimas de acesso a água potável em condições de tomarem um banho que seja de forma digna, possam beber uma água em condições de lhe dar saúde e força para vencer as adversidades, que são muitas e das quais o "poder público" sempre se lembram deles, em época eleitoral. 
A operação "Fecha Lixão" da Prefeitura Municipal, escondeu as poças de chorume
E veja novamente “Sua Autoridade esplendorosa”, não reconhece os benefícios que trouxe para a cidade, e faço uma pergunta que é estranha, pela ignóbil decisão de "esconderem" os seis reservatórios de água que intermediei a doação em fins de 2010 para Tapes, e que estão fazendo falta na comunidade dos Butiás e das Capivaras, pleito antigo daquela gente pobre e útil com os futuros "votinhos" no Prefeito Sukita, que poderá vir a ser candidato à sucessor deste "grupo" que está amealhando tudo o que pode em seu proveito, pois depois, vai ser difícil retornarem ao "poleiro", donde já fede a esterco e outras atitudes indignas e vergonhosas para o tapense, como buscar socorro médico em Camaquã, e não ser atendido “por ser Tapense”, o qual está submetido à vexatória condição de "problema" para o hospital da cidade vizinha. 
Chorume extravaza pelo campo, contaminando o solo, o gado e lagoa próxima
É por estas e outras, que cada dia me convenço, após assistir o "cineminha dos sonhos" da futura, quem sabe, pode ser "obras de revitalização" e com algum "arroubo de arquiteto" os planos mirabolantes de “labirintos, vagonetes, e outras fantasias”, de que Tapes "kresse i progrédi", para gente ignorante. 
Gente sem capacidade de utilizar o "senso" antes do "penso", para não fazerem esta patuscada de "Comunicado a População" onde iludem e acusam injustamente aquele que teve coragem de enfrentar gente ilustre, mas que são incapazes de assumirem que descumpriram decisão judicial da Comarca, do Ministério Público, da FEPAM ao não operaram aquele "lixão", que eles chamam de "Aterro Sanitário", da forma correta e dentro das normas para não poluir o meio ambiente. 
Leiam o Comunicado abaixo, caso queiram, e vejam imagens que apontam o crime ambiental que foi denunciado por uma Ação Popular. 
Por Julio Wandam
Ambientalista

Depois de pagar fiança, fazendeira acusada de organizar safáris no Pantanal deixa PF

Depois de pagar fiança, fazendeira acusada de organizar safáris no Pantanal deixa PF
 Presa por porte ilegal de armas, Beatriz Rondon ficou poucas horas na PF

Por Karina Ninni e João Naves

A fazendeira Beatriz Rondon, investigada por suspeita de organizar safáris no Pantanal, foi presa em sua fazenda nesta sexta, 29. Depois de prestar depoimento, pagou R$ 25.250 de fiança e foi liberada, por volta das 16h (horário de Brasília). O flagrante por posse ilegal de armas (dois revólveres e uma espingarda, encontrados na fazenda de Beatriz) foi realizado pela Polícia Federal durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão em Aquidauana (MS), a cerca de 130 km de Campo Grande.

Veja também:

Em maio, um vídeo divulgado pela imprensa mostrou cenas de homens disparando em onças, fazendo-as despencar de árvores. As imagens teriam sido gravadas por turistas estrangeiros que participavam do safári. Um disparo atinge uma onça-pintada, espécie em risco de extinção. Em seguida, o corpo da onça é devorado por sete cachorros. A pecuarista Beatriz Rondon diz no vídeo: "é uma grande fêmea, muito bonita. E 'tava comendo minhas vacas aqui."
Também em maio, operação conjunta da Polícia Federal, do Ibama e do Exército realizada na Fazenda Santa Sofia, de propriedade de Beatriz, apreendeu 12 armas, carcaças de animais silvestres, galhadas de veado e cervo, e couro de sucuri. Na época, a pecuarista não foi indiciada pela polícia.
Em 2002, reportagem mostrou que Beatriz Rondon recebia indenização do governo pelo gado morto por onças./COLABOROU: Cedê Silva
Fonte: ESTADÃO

quarta-feira, 27 de julho de 2011

AUDIÊNCIA PÚBLICA CONSULTIVA - Apresentação dos Projetos de Revitalização da Orla em Tapes/RS


AUDIÊNCIA PÚBLICA CONSULTIVA Apresentação dos Projetos de Revitalização da Orla em Tapes/RS 
Em 29 de julho (sexta-feira), às 19:30 na Câmara de Vereadores em Tapes/RS, estará sendo realizada Audiência Pública para dar conhecimento a Comunidade Tapense e Entidades organizadas, sobre a Revitalização da Orla do Saco da Lagoa, quando serão apresentados os estudos para avaliação e discussão perante a comunidade, referente a estes projetos. 
É urgente ações na Vila dos Pescadores
Convidamos todos Os Verdes ativistas e simpatizantes para se fazerem presentes, a fim de opinarem e contribuirem com tal iniciativa do Poder Público, que busca aproximar os cidadãos de Tapes e obter a participação destes na avaliação destas obras "futuras" em nossa cidade! 
Agradeço a atenção e contamos com sua participação e opinião em defesa da natureza e nas melhorias necessárias para que possamos usufruir de nossas praias, limpas e em condições de uso pela população.   
Julio Wandam
Coordenador de Os Verdes/RS

NOTA DE OS VERDES:
Os Verdes de Tapes esperam que junto com as "obras" de Revitalização da Orla, esteja incluida no "pacote" de melhorias, uma Política Municipal de Habitação capaz de retirar da beira da praia (e de dentro das águas) as famílias que moram de forma irregular e sob risco constante de inundações e prejuízos. 
Tal situação é URGENTE seja resolvida, para que possamos acreditar em "revitalização" e de benefícios diretos a população ribeirinha. 
Fonte: REDE Os Verdes/via Facebook
Link de Acesso

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Plusieurs milliers "d'indignés" de toute l'Espagne manifestent à Madrid


Plusieurs milliers "d'indignés" de toute l'Espagne manifestent à Madrid
Plusieurs milliers "d'indignés" venus de toute l'Espagne, une partie d'entre eux à pied, ont manifesté dimanche 24 juillet au soir à Madrid jusqu'à la Puerta del Sol, point de départ symbolique de leur mouvement il y a deux mois, contre le chômage et la crise. 
"Cette crise, ne la payons pas", criaient les manifestants partis de la gare d'Atocha pour rejoindre la place de la Puerta del Sol, à travers les avenues du centre de Madrid. Aux cris de "allons au Congrès", "ils ne nous représentent pas", ils se sont brièvement arrêtés à l'entrée de la rue menant au Parlement, barrée par plusieurs rangées de fourgons de police, pour manifester une nouvelle fois leur colère contre les hommes politiques accusés de ne pas représenter les citoyens. 
Plusieurs centaines de manifestants étaient arrivés samedi à Madrid, en six colonnes de marcheurs, après avoir parcouru à pied, pendant un mois, des centaines de kilomètres à travers toute l'Espagne. 
ASSEMBLÉES DE QUARTIER 
A Madrid, ils ont été rejoints pas d'autres "indignés" venus de province en autocar ou en voiture, et par des habitants des différents quartiers de la capitale, toujours mobilisés à travers les assemblées de quartier malgré l'été qui a clairsemé les rangs des manifestants. 
"Les assemblées de quartier restent très actives," expliquait Lola Marina, une habitante de Batan, un quartier de l'ouest de Madrid. "Nous nous réunissons tous les samedi, nous menons différentes actions, par exemple distribuer des livres aux enfants, empêcher les expulsions de propriétaires surendettés", ajoutait cette femme de 55 ans, mère au foyer, commerçante au chômage et grand-mère, qui comme de nombreux citoyens espagnols soutient le mouvement. 
Apparus à la mi-mai, les "indignés" rassemblent des citoyens de tous horizons, jeunes, étudiants, salariés, retraités ou chômeurs, qui protestent contre un chômage record (21,29 %) et les retombées sociales de la crise économique. Ils dénoncent aussi la "corruption" des hommes politiques et réclament une réforme du système électoral
Fonte: Le Monde

Onda de calor recorde sufoca regiões leste e central dos EUA


 Americana se refresca em chafariz na região de Queens, em Nova York
Onda de calor recorde sufoca regiões leste e central dos EUA
Temperaturas superaram a casa dos 
40°C em várias cidades
NOVA YORK - Os moradores da Costa Leste dos Estados Unidos buscaram refúgio na sexta-feira, 22, das altas temperaturas em praias, piscinas e centros comerciais com ar-condicionado, enquanto o calor passou da casa dos 40°C na região. 
A temperatura em Newark, Nova Jersey, alcançou 42,2°C, superando o recorde histórico de 40,5°C registrado em 2001, segundo o instituto AccuWeather. O setor portuário de Baltimore teve temperatura de 41,6°C, com sensação térmica de 48,8°C. 
"Esta é verdadeiramente uma onda de calor espetacular, especialmente considerando seu tamanho e o calor que tem feito em várias regiões do Meio-Oeste e agora na Costa Leste", disse o meteorologista Mike Pigott, da AccuWeather.com. 
O Serviço Nacional de Meteorologia dos EUA emitiu advertências e avisos da onda de calor excessivo para amplos setores do centro do país e a Costa Leste, desde Maine até a Georgia. No meio da tarde desta sexta, vários recordes de alta temperatura foram batidos em Nova York, Filadélfia e a região do aeroporto internacional Dulles, de Washington, entre outros. 
Em Michigan, foram aplicados racionamentos de energia para reduzir a pressão sobre as usinas, de acordo com o Serviço Meteorológico. O centro informou que 30 mil pessoas ficaram sem eletricidade em Detroit. 
As temperaturas mais altas que o habitual possivelmente continuarão afetando o leste dos Estados Unidos "nas próximas duas semanas", disse o Serviço Meteorológico. 
A onda de calor sufocou o Meio-Oeste norte-americano por quase uma semana, causando a morte de ao menos 34 pessoas em 10 Estados, antes de mover-se para a Costa Leste.
Fonte: Estadão

Lei que cria a Secretaria Especial dos Direitos Animais será sancionada nesta segunda-feira


Lei que cria a Secretaria Especial dos Direitos Animais será sancionada nesta segunda-feira 
A nova Pasta tem como objetivo estabelecer e executar políticas públicas destinadas à saúde, proteção, defesa e bem-estar animal. Caberá à secretaria gerir ações, em desenvolvimento e futuras, como o projeto Bicho Amigo, que atua no controle reprodutivo de cães e gatos, combate aos maus-tratos, educação ambiental e guarda responsável, implementado pela Comppad. O trabalho realizado pela Seda terá embasamento legal, fundamentado na Constituição Federal e em legislações específicas. 
Projeto de Lei do Executivo que cria a Seda foi aprovado na Câmara Municipal de Porto Alegre, em 27 de junho. A primeira-dama Regina Becker acompanhou a sessão no plenário do Legislativo municipal, que teve as galerias ocupadas por representantes de entidades educacionais, comunitárias e de ONGs de defesa animal.  
Prefeito José Fortunati ressaltou a importância de aglutinar e potencializar o trabalho que a Prefeitura já desenvolve, voltado a políticas públicas para animais domésticos, durante discussão do PL na Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Câmara Municipal de Porto Alegre, em 14 de junho.
Fonte: Gato Verde

Somalie : pourquoi l'ONU parle de famine


 Somalie: pourquoi l'ONU 
parle de famine
L'annonce était attendue depuis plusieurs jours : mercredi 20 juillet, l'ONU a déclaré que deux régions du sud de la Somalie, le sud de Bakool, et Lower Shabelle, où sévit une très grave sécheresse, sont frappées par la famine. Jusqu'à 350 000 personnes souffrent de famine dans ces deux provinces, estiment les Nations unies. "Si nous n'agissons pas maintenant, la famine va s'étendre aux huit régions du sud de la Somalie dans les deux mois à venir, en raison de mauvaises récoltes et de l'apparition de maladies infectieuses," a averti Mark Bowden, coordinateur humanitaire des Nations unies pour la Somalie. 
Depuis plusieurs semaines, l'ONU ainsi que les ONG présentes sur place tiraient la sonnette d'alarme sur la sécheresse sévissant dans la Corne de l'Afrique, qualifiant de "grave crise humanitaire" cette situation. Le terme de "famine" a officiellement été employé par l'ONU mercredi. Comment détermine-t-on si un pays est en état de famine ? Quelles en sont les conséquences?
Lire la suite en Le Monde

Objeto luminoso no céu intriga moradores em SP


Moradores relataram ter visto um objeto voador não identificado (OVNI) entre a noite de sábado e a madrugada deste domingo em Embu das Artes, na Grande São Paulo. Alguns deles gravaram o objeto e postaram as imagens no site Youtube
As cenas na internet mostram luzes girando em torno de uma outra luz ao centro. Procuradas na manhã, as assessorias de imprensa da Aeronáutica, em Brasília (DF), e da Polícia Militar, em São Paulo, informaram que não registraram nenhuma ocorrência envolvendo OVNI em Embu das Artes entre sábado e domingo.
“A terra há de me comer se eu estiver mentindo, mas eu vi um objeto em forma de disco com várias luzes piscando. Girava em torno do próprio eixo. Com luzes meio amareladas e uma luz azul bem forte piscando ao centro”, disse Cringer Ferreira Prota, neste domingo. "Não sei o que era, mas não era balão. Pode ser que tenha sido um satélite americano, russo ou brasileiro".
Cringer afirmou ser policial militar em Embu das Artes, mas disse não ter procurado a PM para comentar o assunto. Segundo a testemunha, ele e outras 30 pessoas viram o suposto OVNI próximo a um cemitério, no bairro Santa Tereza. "Eu não filmei, mas muitas pessoas filmaram".
Fonte: Revelação Final

Objeto luminoso no céu intriga moradores em SP
Moradores de Embu das Artes registraram o suposto disco voador em vídeo e postaram na internet; imagens do YouTube.
Fonte: Terra TV 

VAMOS ANALISAR SE REALMENTE ISTO OCORREU OU CONTINUAM TENTANDO ESCONDER A VERDADE SOBRE OVNIs. A MIM NÃO CONVENCEU E ACHO QUE SÃO OBJETOS NÃO IDENTIFICADOS (EXTRATERRESTRES) VEJA OS VIDEOS ABAIXO. EXPLICAÇÃO UTILIZANDO FILTROS PARA SABER SE O OVNI VISTO EM EMBU DAS ARTES SERIA REAL OU NÃO.

Descoberto maior reservatório de água do universo

 Descoberto maior reservatório de água do universo
Duas equipes de astrônomos lideradas por cientistas do Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech), nos Estados Unidos, descobriram o maior e mais distante reservatório de água já detectado no universo. A água, equivalente a 140 trilhões de vezes toda a água do oceano do mundo, envolve um enorme buraco de alimentação negro, chamado quasar, a mais de 12 bilhões de anos-luz de distância. Astrônomos já haviam detectado vapor d’água, que é um sinal importante para investigar o universo, em outras partes do universo, mas não em tanta quantidade.
“É uma demonstração de que a água está por todo o universo, ainda que em tempos mais antigos”, avaliou Matt Bradford, um cientista do Laboratório da Nasa, em Pasadena, Califórnia.
Quasares são objetos brilhantes e muito distantes no universo. Estão localizados nos núcleos de galáxias e são abastecidos com a energia de buracos negros. O APM 08279+5255, quasar observado nesta pesquisa, tem um buraco negro 20 bilhões de vezes mais massivo que o Sol e produz energia superior à energia de trilhões de sóis.
Fonte: Portal Terra

Machu Picchu cumple 100 años de asombrar al mundo

Machu Picchu cumple 100 años de asombrar al mundo 
La ciudadela de Machu Picchu, un santuario de la civilización Inca construido en el siglo XV poco antes de la llegada de los españoles, cumple este domingo 100 años de haber sido descubierta en el sur de Perú y develada al mundo por el estadounidense Hiram Bingham. 
El 24 de julio de 1911 el explorador y aventurero Bingham llegó a Machu Picchu, que estaba cubierta por una selva de exuberante flora y fauna, y la divulgó a la comunidad arqueológica mundial. 
El lugar, un ícono del turismo mundial con más de 700.000 visitas por año, tiene un desafío de conservación por toda la gente que lo visita y por las obras de infraestructura que se construyen a su alrededor. 
Este domingo del centenario, la ciudadela está ajena a los actos conmemorativos ya que el gobierno peruano celebró por adelantado el pasado 7 de julio, argumentando que en esa fecha se cumplían cuatro años desde que fue reconocida como una de las nuevas siete maravillas del mundo moderno. 
La capital sagrada de los Incas fue declarada Patrimonio Cultural de la Humanidad en 1983 por la Unesco, que vigila su mantenimiento. 
La ciudad de piedra de Machu Picchu (Montaña Vieja) fue construida por el emperador inca Pachacútec en el siglo XV en la cima de una montaña a 2.400 metros de altura, como centro ceremonial o sitio de descanso de nobles incas. Los expertos descartan en cambio que haya sido fortaleza militar. 
"La ciudadela era un palacio real construido por el inca Pachacútec donde él acudía con su familia e invitados en busca de un lugar de relajamiento", dice a la AFP el antropólogo estadounidense Richard Burger. 
Otros especialistas señalan que el santuario incaico estuvo dedicado a la adoración de dioses o a rendir culto al inca Pachacútec, que ordenó su construcción. 
Uno de ellos es el arqueólogo Luis Guillermo Lumbreras, ex director del Instituto Nacional de Cultura, quien señala que la ciudadela era "un gran mausoleo" al inca Pachacútec que aparentemente fue sepultado en ese lugar, junto a otros nobles: "Era un gran monasterio donde se les rendía culto". 
Machu Picchu, con una superficie edificada en piedra, tiene unos 530 metros de largo por 200 de ancho, una zona de terrazas agrícolas y otra de habitaciones, y 172 edificios en total dentro de un santuario de 32.500 hectáreas. 
Para llegar se accede por tren desde Cusco, pues no hay una carretera. También se puede ir a pie por el Camino del Inca, que se recorre en tres a cuatro días. 
El centenario, celebrado el 7 de julio con un gran espectáculo artístico de luces y colores con la presencia del presidente Alan García, también convocó a historiadores, arqueólogos e investigadores a reflexionar sobre el futuro del santuario. 
"Machu Picchu puede morir víctima de su propio éxito", alertó el historiador Juan Luis Orrego, al referirse a la presión del turismo que al mismo tiempo, dijo, "bloquea la investigación arqueológica" del lugar. 
El arqueólogo Lumbreras anotó que el aumento del turismo "no puede ser descontrolado y llevado de manera tan exigente como se ve ahora" y recomendó medidas de control para evitar "el colapso de la ciudadela". 
La Unesco en los últimos años ha expresado su preocupación por los efectos que puede tener para el sitio el gran flujo de turistas y las obras de infraestructura que se construyen en su alrededor. 
El miércoles pasado, las autoridades debieron cerrar el ingreso a Machu Picchu debido que había alcanzado su cifra límite de 2.500 visitantes por día, quedándose afuera unos 400 turistas. 
"Las recomendaciones de la Unesco y lo que señala el Plan Maestro de Machu Picchu precisa que solo 2.500 personas podrán ingresar a la ciudadela por día", dijo a la prensa Julio Dueñas, de la Dirección Regional de Cultura (DRC) de Cusco.
Fonte: AFP/ElDeber

Forças de Ocupação Israelenses removem 100 árvores de Oliveira com mais de 100 anos

 Força de Ocupação Israelense removem 100 árvores de Oliveira com mais de 100 anos
De Ramallah - ASHA 
Desde quinta feira (21/07), foram desenraizadas por forças de ocupação israelenses, 100 oliveiras, a noroeste de Jerusalém, e transportadas em caminhões para um destino desconhecido. 
Um funcionário do Fatah Nabil Hbabh, diz que o exército de ocupação roubou as oliveiras com mais de cem anos para uma área desconhecida, sendo transportadas em grandes caminhões, que aguardavam no local. 
Hbabh diz que o exército de ocupação se estabeleceria no local após a erradicação de árvores, enquanto continuam as operações de nivelamento nas proximidades da região sob o pretexto de cavarem poços de perfuração de águas e construirem um muro separando Ramot e Exabytes House, a fim de apertar o cerco sobre a aldeia. 
Ele disse que os soldados israelenses prenderam durante a operação na vila, um estudante universitário quando este tentou protestar contra as escavadeiras israelenses que desenraizaram 42 oliveiras pertencentes a sua família e uma das principais fontes de sustento para eles. 
Também atacou soldados israelenses, que espancaram palestinos no local e tentou impedir que tratores de continuarem seu trabalho no desenraizamento de suas árvores. 
Fonte: Rede Os Verdes/via Facebook
Fonte Original: ShoroukNews

sábado, 23 de julho de 2011

Nei til vannkraftprosjekt i Chile

 Nei til vannkraftprosjekt i Chile 
I Patagonia, på nasjonalt plan i Chile og internasjonalt mobiliseres det for øyeblikket bredt for å få stoppet flere store vannkraftprosjekt. Miljøpartiet de grønne har tatt standpunkt i denne saken sammen med flere andre norske partier og organisasjoner. På initiativ fra chilenere i Norge er det blitt rettet en henvendelse til den norske regjering om å engasjere seg. 
Konflikten har flere paralleller til norsk vannkrafthistorie og miljøkamp. Den inneholder uenighet om anvendelse av naturressurser, vern av biologisk mangfold og urfolks rett til kontroll over eget land. 
Det som gjør denne konflikten ekstra betent i Chile er at den også er en konsekvens av privatiseringsbølgen under, men også etter Pinochet regimets fall. Naturressursene er privatisert i Chile gjennom oppkjøp fra internasjonale selskap side i en grad som er langt fra den norske virkeligheten. 
Internasjonalt har fagbevegelsen også engasjert seg i denne konflikten. Den faglige sentralen i Sør-Amerika med over 50 millioner medlemmer har tatt standpunkt i saken. I andre europeiske land har også fagbevegelsen engasjert seg. Sentralt står påpekningen av ILO s forpliktelser og biodiversitetskonvensjonen om skogs bevaring. 
Chilensk politi har ved flere anledninger gått fram på en uakseptabel måte og flere aktivister fra mapuche folket har blitt fengslet. Dette har blitt møtt med sterk kritikk innad i Chile. 
I begynnelsen av august kommer den grønne politikeren Tomas Meniconi på besøk til Oslo under sin rundreise i Europa. Han vil samle bredest mulig støtte til den fortsatte motstanden mot ødeleggelsene av biomangfoldet i Patagonia, krenkingen av mapuche indianernes rettigheter og internasjonale selskapers kontroll med Chiles naturresurser. 
More: MDG

Was ist Plant-for-the-Planet?

Was ist Plant-for-the-Planet?
Felix Finkbeiner gibt ein Interview über Plant-for-the-Planet, was die Schülerinitiative ist und was sie tut.
Fonte: Via Facebook

Våre tanker går til de rammede og pårørende

Våre tanker går til de rammede og pårørende 
Miljøpartiet De Grønne kondolerer til alle som ble berørt av terrorangrepene igår. Tragedien er så stor at det er vanskelig å fatte hva som har skjedd. I dag sørger hele Norge, og vi oppfordrer til samhold og solidaritet på tvers av politiske og andre skillelinjer.
Våre tanker går først og fremst til de rammede og pårørende i Oslo og på Utøya. Vi håper at Norge nå vil samles i kampen for toleranse, mot rasisme og ekstremisme.
Vi støtter statsminister Jens Stoltenbergs oppfordring om at denne typen grusomme handlinger må møter med mer demokrati og Oslo-ordfører Fabian Stangs ord om at vi skal fortsette å tro på et samfunn der demokratiske prinsipper aldri skal vike for ekstreme handlinger. 
Vi oppfordrer Miljøpartiet De Grønnes medlemmer og sympatisører til å delta i frivillig arbeid og ta vare på hverandre.
More >  MDG

E-mail do Leitor: Repúdio à Discriminação do CINEMARK do Bourbon Shopping Ipiranga - Porto Alegre

Boa tarde Júlio, 
Escrevo a vocês por um motivo absolutamente inusitado, que eu não acreditaria se me enviassem por e-mail, caso não conhecesse a pessoa, no caso a psicóloga Vitória Bernardes.
A Vítória é uma jovem de belos valores, sempre disposta a colaborar nas questões sociais, por exemplo é voluntária na CUFA-RS. Quando vi o email que ela e a mãe dela me enviaram (abaixo), fiquei abismado com a discriminação sofrida.
Peço tua ajuda na divulgação do fato aos seus contatos ou redes sociais, a fim de que a sociedade possa manifestar o REPÚDIO À DISCRIMINAÇÃO!!
Para maiores esclarecimentos, contam os telefones da Vitória e da mãe dela, Sônia, abaixo.
Abraços,
Montserrat Martins
Falta de Responsabilidade de Cinema em Shopping na Capital
Dia 18 de julho de 2011, segunda-feira, fui ao Cinemark do Bourbon Shopping Ipiranga, em Porto Alegre, RS. O que era um programa simples, tornou-se inacreditavelmente “impossível”
Eu e mais 03 primos compramos os ingressos e entramos na sala de cinema. Constatando a dificuldade de visualizar a tela, devido sua proximidade, pedi para minha prima, Bruna, solicitar a ajuda de um funcionário. Devido sua demora, solicitei que minha outra prima, Gerusa, fosse verificar o que estava ocorrendo.
Minutos depois, elas entraram acompanhadas pelo gerente, senhor Maurício. Ele afirmou que o Cinemark proíbe seus funcionários de prestar auxílio como “este” aos seus clientes. Ou seja, o Cinemark, além de não disponibilizar um local decente para cadeirantes, proíbe seus funcionários de os colocarem em uma poltrona onde possam, ao menos, ver o filme. Apesar de preferir me locomover livremente e saber das leis que asseguram esse direito, abdiquei disso para me adequar ao serviço precário oferecido e, mesmo assim, escuto do representante da empresa que isso NÃO É POSSIVEL?! 
Como o filme estava prestes a começar, minhas primas decidiram que elas mesmas me colocariam na poltrona. Nesse momento, o gerente “informou” que esta ação não poderia ser feita dentro do estabelecimento. Além de não ajudar, proibiu minhas primas de prestarem esse auxílio. 
No primeiro momento da solicitação, quando a Bruna ainda estava sozinha, o senhor Maurício comentou que o cinema não tinha “estrutura”, pois era feito para “pessoas normais”. Normal, anormal ou qualquer outro rótulo ou denominação que queiram dar, não importa. Tenho limitações sim, mas, como qualquer outra pessoa, paguei por um serviço, pelo qual não fui informada que não poderia usufruí-lo. 
Durante este lamentável acontecimento, meu único desejo era me esconder, chorar de raiva, pois além de me sentir severamente lesada como consumidora, me senti diminuída como pessoa. E pior, pelo tom usado pelo funcionário, me senti culpada por estragar o passeio das pessoas que me acompanhavam, entre elas, uma criança. 
Além de tudo, por instantes, o gerente me fez acreditar que o problema em questão era eu, e não sua empresa... Que inversão de valores é essa?
O caminho mais simples é “deixar assim”, mas me nego a considerar essa possibilidade.
BRASIL: Deficientes Somos Todos Nós em não Respeitar Direitos!
Por isso, peço que ajudem minha voz, que continua embargada, a ser ouvida por outros, sejam eles donos de estabelecimentos ou pessoas que, devido às injustiças vividas diariamente, desistem de lutar por seus direitos, por menores que sejam, como assistir um filme numa segunda-feira a tarde...
Agradeço a colaboração!
Grande abraço,
Vitória Bernardes
em 21/07/2011
Fonte: REDE Os Verdes/via e-mail

terça-feira, 19 de julho de 2011

Novas esperanças e perguntas em conferência sobre a Aids em Roma

 
Novas esperanças e perguntas em conferência sobre a Aids em Roma
Por Christine Courcol  
 ROMA, Itália — A conferência científica sobre a Aids aplaudiu nesta segunda-feira um importante estudo segundo o qual o tratamento precoce das pessoas infectadas pelo vírus impede 96% dos casos de transmissão da doença, o que pode transformar a cara da epidemia. 
"Os dados provam que o tratamento do HIV pode conduzir à erradicação da epidemia: as provas estão aqui!", exclamou Elly Katabira, presidente da International AIDS Society (IAS), organizadora da conferência. 
Três estudos sobre o tratamento utilizado de maneira preventiva foram apresentados simultaneamente a 5.500 cientistas, médicos e pesquisadores que se reúnem durante quatro dias para discutir sobre os novos avanços no tratamento da epidemia. 
O primeiro estudo, denominado HPTN052, foi dirigido por Myron Cojen (Universidade da Carolina do Norte) e publicado em maio nos Estados Unidos. 
A pesquisa foi realizada em nove países - África do Sul, Índia, Brasil, Estados Unidos, Botsuana, Quênia, Malaui, Tailândia e Zimbábue, - onde combinações de antirretrovirais foram fornecidas a 1.763 casais sorodiscordantes - um soropositivo e outro não - em sua grande maioria (97%) heterossexuais. 
Os outros dois estudos, publicados na semana passada, mostram que um tratamento fornecido a uma pessoa não infectada, mas que tem risco, pode protegê-la da infecção em quase dois de três casos. 
Os três estudos causaram muito entusiasmo, embora também tenham gerado muitas perguntas sobre a maneira de aplicar as conclusões e o problema central do financiamento, sem esquecer de outros meios preventivos, como o preservativo. 
No primeiro estudo HPTN052, o tratamento foi administrado mais ou menos cedo, no início da infecção, definida por uma queda do nível de células CD4 do sistema imunológico que ataca o vírus. 
Na metade dos casais, a pessoa infectada foi tratada imediatamente e na outra metade esperou-se que a quantidade de CD4 caísse a menos de 250 ou até que a pessoa sofresse uma infecção denominada oportunista (doença causada pela queda da imunidade), conforme os critérios da Organização Mundial de Saúde (OMS). 
No total, houve 29 casos de infecções, das quais 28 em pessoas foram tratadas mais tarde. Além disso apresentou-se um benefício para as pessoas tratadas mais cedo, já que neste caso surgiram 41% menos doenças oportunistas ou mortes. 
Além disso, o único caso de infecção dos casais tratados mais cedo ocorreu provavelmente logo após o início do tratamento, ou seja, quando ainda não havia tido tempo para fazer efeito. 
A OMS, que devia apresentar em Roma suas recomendações sobre a detenção da doença e o tratamento nos casais sorodiscordantes, atrasou a publicação do informe. 
Anthony Fauci, diretor do Instituto Nacional americano sobre as doenças infecciosas (NIAID), que patrocina o estudo, destacou "a falsa dicotomia entre os recursos dados ao tratamento e os administrados à prevenção". 
Fauci disse que "mudaram" os parâmetros e agora "é possível ter um impacto maior sobre a epidemia". Também ressaltou que quando "há menos pessoas infectadas" haverá, consequentemente, "menos pessoas infectadas" no futuro. 
Michel Kazatchkin, diretor do Fundo Mundial de luta contra a Aids, mostrou-se, no entanto, realista. 
Para ele, em vez de pensar em tratar as pessoas assim que a infecção aparecer, devem ser tratadas primeiro as pessoas que não tiveram tratamento embora o requeressem, conforme os critérios fixados pela OMS. 
"Atualmente há 40% de cobertura de necessidades quando se aplica o tratamento a partir de uma queda dos CD4 para 350", reiterou. 
Acrescentou que é necessário "de um ponto de vista da saúde pública e ética começar pelas prioridades". 
Para ele, "colocar todas as pessoas infectadas sob tratamento não é possível nem do ponto de vista dos recursos, nem do ponto de vista operacional". 
Lembrou a este respeito que a metade das pessoas infectadas não sabem que estão com a doença. 
No fim de 2010, mais de 34 milhões de pessoas viviam com o vírus, dois terços delas na África, segundo a ONUAIDS. A infecção matou cerca de 30 milhões de pessoas em 30 anos. 
Fonte: AFP