sábado, 29 de setembro de 2012

The Valtari Mystery Film Experiment

The Valtari Mystery Film Experiment 
Sigur Rós have given a dozen filmmakers the same modest budget and asked them to create videos for their new album valtari. 
The filmmakers have complete creative freedom, the band completely unaware of what to expect. 
Link URL Vídeo: http://vimeo.com/50053037 

Boa Música: de Maquiné para a Islândia
O coletivo Aura fez esse vídeo da música Rembihnútur da banda Sigur Rós ‘Valtari’, para uma competição. O vídeo é belíssimo e foi gravado em Maquiné-RS. 
Veja mais sobre “valtari mystery film experiment” – AQUI 

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Escola Martha promove 1ª Feira Científica Escolar em Tapes

Escola Martha promove 1ª Feira Científica Escolar em Tapes
No Centro Integrado de Multiuso "CIM Leonel Brizola", recentemente inaugurado na Comunidade do Arroio Teixeira, foi realizada a 3ª Semana Científica e Cultural da Escola Martha Pereira Barbosa, em Tapes/RS.
A promoção da 1ª Feira Científica Escolar proporcionou uma amostragem dos conhecimentos dos estudantes das escolas da cidade, entre elas, as escolas infantis que apresentaram os resultados dos investimentos em Educação Ambiental nos pequenos tapenses de 04 a 06 anos.
Todos os trabalhos com fundamentos bem elaborados e a apresentação didática por parte dos alunos, mostraram que os conhecimentos em ecologia, energias alternativas, animais, ecossistemas, tratamentos dos resíduos e esgotos, com medidas e idéias para amenizar os danos ao planeta e ao ser humano, estão na pauta dos assuntos no ambiente escolar da cidade.
Avaliação dos Trabalhos
Um grupo de jurados convidados para o evento, avaliou os trabalhos e a apresentação dos mesmos, pelos alunos das Escolas de Ensino Infantil, Fundamental, Médio e EJA do município.
Projetos Apresentados
Os projetos dos alunos, todos estes de importância para a reflexão e mudança de atitudes, demonstra a busca de conhecimento e valoração da natureza, dos recursos e do ser humano.
Leia mais, click aqui
Fonte: REDE Os Verdes

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Assembleia gaúcha arquiva PL sinônimo de retrocesso na legislação

Assembleia gaúcha arquiva PL sinônimo de retrocesso na legislação 
Deputado Santini (PTB) pediu que a mobilização continuasse em defesa dos alimentos sem venenos e orgânicos 
Por Eliege Fante 
Através de documento entregue ao presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul (AL), deputado Alexandre Postal (PMDB), em reunião na sala de sessões hoje ao final da manhã (25/09), o deputado Ronaldo Santini retirou o Projeto de Lei 78/2012 que pretendia introduzir alteração na Lei no 7.747, de 22 de dezembro de 1982, que dispõe sobre o controle de agrotóxicos e outros biocidas nível estadual. 
Representantes do movimento ecologista recepcionaram os deputados na entrada da sala de sessões da AL com cartazes e informativos justificando a posição contrária ao PL 78/2012.
O deputado do PTB disse aos manifestantes que foi induzido ao erro ao apresentar o PL, mas que reconhecia a importância do movimento ecologista e pediu que a mobilização continuasse em defesa dos alimentos sem venenos e orgânicos. Assim, declarou-se aliado do movimento contra os agrotóxicos e pela vida. 
O deputado Raul Carrion foi bastante criticado pelos manifestantes por ter votado favoravelmente ao PL 78/2012 na Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia (11/09). O deputado do PC do B justificou-se dizendo que o voto na Comissão deveu-se a avaliação técnica do projeto e não sobre o mérito do mesmo. Segundo ele, também se posiciona contrário à alteração da chamada Lei dos Agrotóxicos. 
Os deputados Raul Pont e Edegar Pretto, ambos do PT, foram os únicos que votaram na Comissão de Constituição e Justiça contra a constitucionalidade do PL 78/2012. Hoje, o deputado Edegar Pretto reafirmou o apoio na luta contra os agrotóxicos e pela vida e o empenho em evitar o retrocesso que significa outro projeto, o PL 20/2012. De autoria do deputado Gilmar Sossella (PDT), já conquistou o apoio de 32 deputados. Conforme o divulgado no site da AL, o projeto “dispõe sobre a comercialização e o armazenamento de agroquímicos, seus componentes e afins e dá outras providências”. 
Na próxima semana haverá reunião de articulação contra as ameaças de retrocessos ambientais que tramitam na Assembleia do Rio Grande do Sul. Em breve, a EcoAgência vai divulgar a data e o local a partir das informações do Comitê Gaúcho da Campanha Permanente contra os Agrotóxicos e pela Vida. Além deste, estiveram na Assembleia nessa manhã: Agapan, Fundação Gaia, Fundação Luterana de Diaconia, Cáritas, Centro de Estudos Ambientais (CEA), Comunidade Autônoma Utopia e Luta, Núcleo de Ecojornalistas do RS (NEJ-RS). 
IMAGENS: NEJ/RS via Facebook
Fonte: Ecoagencia

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Volume de água que desce em direção à Lagoa dos Patos deixa Tapes em alerta

Volume de água que desce em direção à Lagoa dos Patos deixa Tapes em alerta 
Diversos trechos de rodovias foram afetados no sul do Estado. Queda de barreira na rodovia BR-116, em Barra do Ribeiro  
Por Kamila Almeida
kamila.almeida@zerohora.com.br 
A chuva forte que cai nesta terça-feira sobre o Estado provoca estragos em diversos pontos. Nas proximidades de Porto Alegre, até o meio-dia, Tapes e Sentinela do Sul, no Sul, eram os municípios mais prejudicados. Tapes, porém, em breve poderá ser atingida pelo grande volume de água que desce em direção à Lagoa dos Patos. 
Em Sentinela do Sul, o acumulado de chuva soma 200 milímetros. A água invadiu ruas e deixou pontes submersas. A localidade de Passo Grande é a mais prejudicada, com 80 famílias que veem a água avançar contra as portas de suas casas. 
Segundo o prefeito do município, Marcus Vinícius Vieira de Almeida (PP), a vizinha Tapes deverá ser mais atingida, pois as sangas e arroios que transbordaram em Sentinela descerão em direção ao município, desaguando na Lagoa dos Patos. A Defesa Civil de Porto Alegre, que responde pela região, diz que ainda não conseguiu contato com a coordenadoria de Tapes e não tem ideia da extensão dos estragos. 
Comércio cercado de águas em Tapes
Na BR-116, uma queda de barreira no km 314, em Barra do Ribeiro, prejudica o fluxo, obrigando os veículos a transitarem na pista contrária. Mais adiante, no km 356, a água invadiu a pista e os veículos continuam com passagem, porém precisam reduzir a velocidade a menos de 20 km/h. Em Tapes, veículos leves não passam na BR-116 por causa dos alagamentos. 
Fonte: ClickRBS

Dezenas de famílias têm casa alagada em Tapes

Dezenas de famílias têm casa alagada em Tapes
Água passou de 1m50cm em diversos pontos da cidade
Por Kamila Almeida
A chuva que não dá trégua invadiu a casa de dezenas de famílias em Tapes. Choro e revolta. Esse foi o clima na cidade de 16,5 mil habitantes durante toda a terça-feira. Idosos sendo carregados nos ombros de policiais e voluntários, crianças chorosas sendo erguidas para escapar da água que passou de 1m50cm em diversos pontos.
No bairro Vila Nova, pelo menos 14 famílias tiveram de deixar as suas casas. Muitas buscaram abrigo na casa de familiares. Outros, cuja residência dos parentes também estava submersa ou não dispunha de espaço suficiente para abrigá-los ficaram na rua sem saber para onde ir. É o caso de Cláudia Rosane Santos Flores, 30 anos, e Helena Barbosa da Silveira, 43 anos. Sentiram a água avançar pela altura da cama durante a madrugada. Ás 5h começaram a retirar os pertences.
— A coisa mais triste desse mundo. Tinha comida boiando pela casa, junto om os ratos, que invadiram lá em casa. Só não perdemos as crianças porque tiramos com pressa — desabafa Helena.
Luis Fernando da Silva Ribeiro, 23 anos, passou a manhã ajudando os vizinhos a recuperar o que puderam, incluindo roupas, colchões e eletrodomésticos.
Próximo dali, no Arroio Teixeira, a Brigada Militar passou pelas casas, convencendo os moradores a deixarem o imóvel.
Maria Luisa Corareski, 50 anos, entrou em pânico ao ver a água avançar em direção à porta do quarto. Ela sobre de enfisema pulmonar e precisa de um tubo de oxigênio para respirar. Teve de deixar a casa e os quatro filhos chorando de preocupação. Foi levada para o hospital do município.
Na casa da vizinha Selomir Duarte Cardoso, 61 anos, a água batia quase no joelho. Não teve escolha. Foi levada juntamente com a filha e os netos para um abrigo improvisado na igreja de Tapes.
No bar da família de Nilza Oliveira da Silva, 54 anos, todos relutavam para deixar o local. Três deles espantavam a água com vassoura inultimente.
A prefeitura de Tapes ainda não contabilizou quantos são os desalojados e desabrigados, já que muitos saíram de casa por conta.
Os dois bairros mais atingidos foram o Vila Nova e Arroio Teixeira. No último, uma retroescavadeira, ajudava equipes da prefeitura a retirar areia do arroio para ajudar no escoamento da água. 
Fonte: RBS

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Avistajes OVNI en agosto: numerosos y sorprendentes

Avistajes OVNI en agosto: numerosos y sorprendentes
Muchos avistajes se produjeron este mes de agosto alrededor del mundo, la mayoría relacionados a eventos de la naturaleza. Las luces en cielo, son cada vez más parte de la vida cotidiana de la modernidad.
Se trata de eventos que pueden ser registrados con las cámaras de mano o teléfonos celulares. De las cientos de pruebas que se distribuyen por las redes sociales de esta manera, por supuesto que no todas son verdaderas y muchas son preparadas solamente para divertirse o con fines desconocidos. De toda esta muestra les traemos una que fue tomada en Irán por un padre de familia mientras estaba pasando la tarde con sus hijos. La espectacularidad de este evento, se nos escapa pero sin dudas se trata de algo que no tiene otra experiencia similar a lo largo de nuestros conocimientos de las filmaciones ovni.
La otra fue tomada en un volcán de Ecuador, el mismo que el año pasado, también en agosto, tuvo una de las filmaciones más extraordinarias del fenómeno OVNI en Sudamérica y que fue registrada accidentalmente por un equipo de televisión. Otra de las tomas que exponemos, se produjo al instante de haberse producido un temblor en Chile, de 4.07.
Finalmente, un último registro casual, también una tarde en el patio familiar, pero esta vez en México, donde una persona filmó la relación entre un objeto volador y una nube que parece tragárselo. Esta observación fue subida a la web por el usuario “vanishing2001” y publicado el26 de este mes. Se trata de una filmación casera de un evento sorprendente donde no podemos describir todo lo que vemos. Fue observado en Irán, hace muy pocos días...

Finalmente el 28 de este mes, se registraron estas luces en forma de triángulo que aparecieron segundos después del temblor de 4.7º del 28 agosto 2012 a las 04:12 am. Según cuenta la usuaria “thechilenasa” que puso la cinta en la web, se pueden oír a los perros ladrando desesperadamente al paso de la formación. 

El 19 de agosto de 2011, fue subido a la web otro material que registraba un OVNI entre los humos del volcán Tungurahua, en Ecuador, el mismo de la cinta anterior. Lo hizo el usuario “otumminelli” y se trata de una filmación realizada por camarógrafos del canal ECUAVISA, para el programa "Día a Día" de ese país.

Este OVNI fue grabado el domingo 19 de este mes, cerca de la ciudad de Pelileo en Ecuador; ciudad próxima al volcán Tungurahua. La filmación es inestable porque el zoom digital está en su abierto en totalidad. El autor del video fue el turista Patricio Vivanco que estaba de visita para ver el volcán en erupción y se dio con este fenómeno.

Publicado el 28 de este mes por el usuario danielsan05.
“Lo mas extraño pasa al final: la nube en que se esconde desaparece, sólo esa, no las demás de alrededor. Y se veía que era una nube un poco espesa y oscura. ¿Qué significa? ¿Alguien sabe a qué se se debe este fenómeno y qué pudo ser ese objeto? Por la forma en que se quedaba quieto y se movía en diferentes direcciones, no podía tratarse de una bolsa o un globo”, dice “danielsan05” en su comentario.

Ovnis filmados alrededor del mundo

Ovnis filmados alrededor del mundo
Altos índices de avistamientos ovni se registraron alrededor del mundo el pasado julio/agosto. Presentamos las sorprendentes filmaciones de objetos aéreos hechas por testigos ocasionales.
Una muestra de los vídeos de ovnis más sorprendentes que en julio fueron filmados alrededor del mundo. No solamente los índices de avistamientos siguen siendo altos, sino que los videos son cada vez más claros. Uno de los casos que más dieron qué hablar, fue el de los ovnis que se transmitieron en directo, por CBS Channel, durante el incendio forestal de Waldo Canyon, en Colorado, EEUU.
Sin embargo, se retiró de Youtube el video original, prohibiéndose su reproducción, por razones desconocidas. Actualmente, solo se pueden encontrar videos de este suceso pero tomados directamente de la pantalla de un televisor. El gobierno de EEUU nunca dio una explicación oficial de este suceso. De todas maneras, aunque este video esté ausente del presente resumen, los videos restantes que se se simplifican aquí, son muy sorprendentes y evidencian la existencia de estos misteriosos objetos aéreos.

A plena luz del día
Esta vez se trata de imágenes impactantes y muy persuasivas de un ovni capturado en plena luz del día. Aunque no se dieron otras precisiones del lugar donde fue realizada la toma, la misma es absolutamente fascinante. Fue subida a la red el 8 de julio pasado por el usuario thirdphaseofmoon
Cada vez más claros
Estas son imágenes exclusivas de Anthony García, tomadas en el estado norteamericano de Galveston, en Texas, el pasado 20 de julio. Un estudio realizado por el sitio Thirdphaseofmoon concluyó en que se trata de un objeto real que flota en el cielo. Los reflejos y sombras coinciden en todos los sentidos con su entorno natural.


En Corea del Sur
Otro de los objetos que vuelan en el cielo que fueron atrapados por cámartas de vídeo cpon absoluta claridad. En este caso de trata de una nave que surca los cielos en Busan, Corea del Sur, en horas de la tarde. Fue realizada recientemente, el 26 de julio pasado. Se puede ver la forma del objeto, que no coincide con ninguna otra nave aérea de las conocidas popularmente.

Exigem liberdade de mapuches em greve de fome

Exigem liberdade de mapuches em greve de fome 
Representantes da comunidade mapuche, nessa capital, exigiram ao governo a liberação dos cinco indígenas detidos no presídio de Angol, na Araucanía chilena, que hoje cumprem 19 dias em greve de fome. "Estamos apoiando nossos irmãos em greve de fome, acusados injustamente, foi preparada uma montagem para acusar nossos irmãos, com testemunhas encapuzadas”, declarou, à Prensa Latina, Nibaldo Huenuman, um dos líderes da comunidade mapuche na região metropolitana. 
De acordo com o ativista, o Estado manipulou os juízes, a polícia de Carabineros, para culpar os membros dessa etnia que reivindicam territórios considerados ancestrais. 
"O governo mantém centenas de policiais rodando dia e noite nas comunidades, helicópteros sobrevoando nossas zonas povoadas e há colonos na área se organizando com armas para atacar nossa gente”, assinalou Huenuman. 
Segundo narrou, há dias foi encontrado na casa de um colono um grande número de armas de grosso calibre, no entanto o dono desfruta de liberdade. 
"Mas se essas armas fossem encontradas na casa de um mapuche, seria encarcerado por milhares de anos”, comentou Huenuman, que aproximadamente meia-noite da quinta-feira iniciou uma marcha pelo passeio público de Ahumana, na capital. 
Os manifestantes, com discursos, bandeiras e danças típicas da etnia, exigiram a libertação dos cinco presos em Angol. 
Fonte: Adital

Tibet - 05 Septiembre 2012 Enorme Aro de Luz

Enorme Aro de Luz sobre el Tibet el día 5 de Septiembre de 2012, no hay explicación oficial sobre el suceso.
Uma enorme luz sobre o Tibet assusta na internet. A imagem, não se sabe, seja falsa ou real, é algo impressionante. Mas, criou uma enorme procura pela origem  deste momento ou montagem.

Romaria submarina à Virgem Maria nas Filipinas

Romaria submarina à Virgem Maria nas Filipinas
Imagens religiosas foram instaladas em barreira de corais rara para deter ação de pescadores O banco de corais do Parque da Barreira de Corais Dupla de Bien Unido, também conhecido como Banco de Danajon, foi palco de uma romaria submarina.
Cerca de 40 mergulhadores visitaram as imagens da Virgem Maria e do Menino Jesus, instaladas em altares a 25 metros de profundidade há dois anos.
A ideia surgiu depois de várias tentativas frustradas de impedir as atividades de pescadores que usam dinamite. Então, ativistas se juntaram às autoridades e apelaram para a fé.
Os corais do Banco de Danajon são um dos seis exemplos do tipo conhecidos em todo o planeta.

Deputados tentam aprovar MP do Código Florestal antes das eleições

Deputados tentam aprovar MP do Código Florestal antes das eleições 
MP precisa ser aprovada pela Câmara e pelo Senado antes de 8 de outubro para continuar válida 
Brasília - A votação da Medida Provisória 571 do Código Florestal volta a ser o principal assunto da Câmara dos Deputados nesta semana, quando os deputados fazem o último esforço concentrado de votações antes do primeiro turno das eleições.
Há duas semanas, a Casa tentou votar a matéria, mas não houve acordo entre deputados da chamada bancada ruralistas e governo. A nova tentativa de votação ocorrerá nos dias 18 e 19. 
O chamado esforço concentrado, que antecede o período eleitoral, é quando deputados e senadores entram em recesso branco, que são dias de votação em que parlamentares, mesmo sem desconto das faltas, podem deixar de comparecer ao Congresso para participar das campanhas eleitorais. Neste ano, os esforços concentrados da Câmara e do Senado estão sendo realizados em semanas alternadas, por isso, os senadores não terão votações nesta semana. 
Fonte: Agência Brasil/Estadão

Colombiana cria refúgio para beija-flores raros em jardim

Colombiana cria refúgio para beija-flores raros em jardim 
Local atrai até 24 espécies diferentes de beija-flores Uma colombiana criou um santuário para beija-flores raros em um jardim. O local, chamado Jardim Encantado, fica nas margens do rio Canas, a 47 quilômetros da capital, Bogotá.
O lugar atrai ornitólogos, fotógrafos e ambientalistas. Leonor Pardo criou o jardim há mais de 20 anos. Hoje em dia, o local atrai até 24 das 147 espécies de beija-flores que vivem na Colômbia.
O jardim tem apenas 18 metros quadrados, mas está praticamente dentro da floresta. Por isso mesmo fica sempre cheio de beija-flores.
 

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

18 de setembro - Concentração e acampamento para impedir a mega mineração

18 de setembro - Concentração e acampamento para impedir a mega mineração 
Amanhã, (18), em Rawson, moradores de assembleias e fóruns sócio-ambientais iniciarão uma caravana, farão uma concentração e um acampamento na Assembleia Legislativa que se estenderá até a quinta-feira em rechaço ao projeto de lei que pretende regulamentar a atividade mineira em grande escala em Chubut, hoje proibida em toda a província para a mineira metalífera e a céu aberto com uso de cianeto. 
De 18 a 20 de setembro se realizarão atividades na Assembleia Legislativa "para fazer ouvir a voz do povo chubutense que diz NÃO ao marco regulatório extrativo”. O protesto, que inclui uma caravana, concentração e um acampamento durante os três dias "por nossos rios e bacias hidrográficas, pelo ar puro e pelos territórios”, será acompanhado por grupos musicais apresentações artísticas. 
O rechaço social à atividade em qualquer de suas formas se amplia uma vez que se expande a informação entre os moradores de toda a província em defesa da água, da terra e reivindicando expandir atividades verdadeiramente produtivas e sustentáveis. 
Tudo isso apesar dos esforços do governo de Martín Buzzi que, através de funcionários das áreas de minas e meio ambiente, recorrem às localidades promovendo a aprovação do que o governo denomina "marco regulatório da atividade mineira em grande escala”. A iniciativa governamental ingressou na Assembleia Legislativa de Chubut no mês de junho e ainda não foi tratada nas comissões. 
Atualmente 20% do território chubutense pertence à mineração, segundo o cadastro mineiro, com mil concessões a minas outorgadas nos últimos cinco anos e pelo menos uma dezena de explorações avançadas em depósitos de ouro, prata, cobre e urânio, cujas empresas esperam ansiosas a sanção deste projeto para começar a exploração. Entre elas, Pan American Silver e seu projeto de prata e chumbo Natal ou os uraníferos de Megauranium, UrAmerica e a própria CNEA, todos localizados na planície de Chubut. 
Contatos: 
Rawson - Romina: 0280-154399254 / Marisol: 0280-154382490 
Trelew - Pablo : 0280-154630754 
Fuente: No a la Mina

Entidades Pedem Ação de Ministros para Restringir Comércio Internacional de Tubarões e Raias-Manta

Entidades Pedem Ação de Ministros para Restringir Comércio Internacional de Tubarões e Raias-Manta 
Demora no posicionamento brasileiro pode dificultar adoção de medidas por convenção internacional
Rio de Janeiro - Oito dentre as mais importantes instituições brasileiras de pesquisa e conservação do ambiente marinho enviaram correspondência aos Ministros da Pesca e Aquicultura, Relações Exteriores e Meio Ambiente, além dos Presidentes do IBAMA e do Instituto Chico Mendes, solicitando um posicionamento urgente do Brasil em favor de medidas de restrição do comércio internacional de tubarões-martelo, galha-branca oceânico e das raias-manta, todos espécies brasileiras ameaçadas globalmente por esse comércio, que abastece os mercados asiáticos de barbatanas de tubarão e de arcos branquiais das arraias para sopas e supostos afrodisíacos.
Assinada pela Rede Costeiro-Marinha e Hídrica do Brasil (REMA), Sociedade Brasileira para o Estudo de Elasmobrânquios, Instituto Sea Shepherd do Brasil, Instituto Aqualung, Programa Costa Atlântica da Fundação SOS Mata Atlântica, Projeto Divers for Sharks, Programa Marinho da Conservação Internacional e Instituto Laje Viva/Projeto Mantas do Brasil, a carta pede que o Brasil se posicione urgentemente a favor da adoção de restrições ao comércio dessas espécies já ameaçadas pelo tráfico internacional, a serem implementadas pela Convenção CITES, que controla o comércio de espécies de flora e fauna ameaçadas e que deve receber propostas até o início de outubro para consideração em sua próxima Conferência das Partes, a realizar-se em Bangkok, Tailândia, no início de 2013.
Segundo o Presidente da REMA, José Truda Palazzo Jr., “estas espécies já estão criticamente ameaçadas em vários lugares do mundo, inclusive em boa parte do Brasil, principalmente pela pesca predtáoria que visa alimentar esse tráfico internacional criminoso. Não apenas isso vem causando gravíssimos danos ecológicos aos oceanos, mas também destruindo as oportunidades de geração de emprego e renda através do turismo de mergulho para observação desses animais, que se vê ameaçado pelo seu desaparecimento. É obrigação do Brasil somar sua voz aos demais países que querem o fim desse massacre desnecessário”.
Um posicionamento do Brasil como proponente ou co-proponente e defensor dessas medidas de restrição do tráfico é visto pelas instituições signatárias da carta como essencial, já que o país tem um peso político muito relevante junto aos demais países latinos e emergentes. O público em geral também está sendo conclamado a escrever às autoridades responsáveis para solicitar uma atuação firme do Brasil na temática, nos seguintes endereços eletrônicos:

Ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira - gm@mma.gov.br 

Ministro da Pesca e Aquicultura, Marcelo Crivella - comunicacao@mpa.gov.br 

Ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota - http://www.itamaraty.gov.br/fale-com-ministro 

Presidente do IBAMA, Volney Zanardi - volney.zanardi@ibama.gov.br

Presidente do ICMBio, Roberto Vizentin - presidencia@icmbio.gov.br

Até a presente data o IBAMA, que é a autoridade de aplicação da Convenção CITES no Brasil, não se posicionou publicamente sobre as propostas de restrição do comércio internacional de tubarões e raias. O Brasil contribui para parte desse comércio predatório, não apenas com uma cota de exportação legal mas também com contrabando que estima-se ser muitas vezes superior a esta, dado o enorme volume dos carregamentos já apreendidos de barbatanas de tubarão para exportação ilegal, e que são apenas uma amostra das centenas de milhares de tubarões que estão sendo massacrados em águas brasileiras para alimentar o tráfico asiático.
Fonte: REDE os Verdes/via Facebook