quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Martin Luther King e o violento protesto que nunca aconteceu

Martin Luther King e o violento protesto que nunca aconteceu
Da BBC Brasil
A história nos lembra do discurso, da multidão e do protesto pacífico. Mas nos bastidores, a famosa manifestação liderada pelo reverendo Martin Luther King Jr. em Washington, em 1963, provocou suspeitas, ansiedade e receio na Casa Branca de que o dia terminasse em violência.
Em todo o país, uma onda de protestos havia se espalhado após semanas de disputas raciais em Birmingham, no Estado do Alabama, onde cães policiais feriram manifestantes e potentes jatos de água foram usados em crianças.
Entre maio e o fim de agosto de 1963, houve 1.340 manifestações em mais de 200 cidades. Algumas aconteceram em comunidades por muito tempo divididas por questões raciais. Outras nunca haviam tido episódios de violência.
A aleatoriedade dos tumultos fez com que fossem ainda mais assustadores para as autoridades. Com 200 mil manifestantes prestes a se reunir na capital dos Estados Unidos, o governo tinha medo de que Washington testemunhasse o mesmo caos e desordem. 
O líder Martin Luther King Jr. é recebido por sua mulher, Coretta, após deixar a corte de Montgomery, Alabama (EUA), em março de 1956
Para o reverendo Martin Luther King Jr., o líder não-declarado do movimento pelos direitos civis, os acontecimentos do início do verão americano haviam transformado a luta pela igualdade racial do que ele chamava de "protesto negro" em uma "revolução negra". Os Estados Unidos, segundo ele, tinham chegado a um "ponto de explosão".
Mas as vozes da ansiedade também se fizeram ouvir dentro da administração Kennedy.
"Assuntos que não se resolvam com justiça e equilíbrio, cedo ou tarde serão resolvidos pela força e pela violência", alertou o vice-presidente Lyndon Baines Johnson. O único conselheiro negro do presidente, Louis Martin, também alertou para uma possível confusão iminente.
"O ritmo acelerado da inquietação dos negros", disse ele a Kennedy, em particular, "pode provocar o estado mais crítico das relações raciais desde a Guerra Civil". Durante uma reunião tensa na Casa Branca em maio, o procurador-geral Robert Kennedy também alertou seu irmão mais velho do risco de que a situação saísse do controle.
"Os negros agora estão hostis e furiosos e eles ficarão furiosos com tudo. Não dá para conversar com eles", disse.
"Meus amigos dizem que (até) as empregadas domésticas e funcionários negros estão hostis."
Durante boa parte de seu governo, John F. Kennedy enxergou os direitos civis mais como um assunto político a ser administrado do que como uma questão moral a defender.
Pender para a última alternativa era arriscar a fragmentação do partido Democrata, que na época era um amálgama conturbado de liberais do norte, segregacionistas do sul e pragmáticos, como o presidente, que tentavam manejar as diferenças.
Kennedy, famoso por sua postura de distanciamento, tampouco tinha um compromisso emocional forte com a luta pela liberdade. Durante a maior parte do tempo, ele havia sido um observador da grande revolução social de sua época.
No verão de 1963, no entanto, ele percebeu que seu governo poderia vir a ser definido por sua resposta à crise racial. A inação não era mais uma opção. Como ele mesmo comentou durante um discurso televisivo em junho, as "chamas da frustração e da discórdia estão queimando em todas as cidades, ao norte e ao sul".
Leia mais em Folha Online

Cazadores en Parque Urugua-í fueron detenidos por Guardaparques

Cazadores en Parque Urugua-í fueron detenidos por Guardaparques
En el Parque Provincial Urugua-í, Guardaparques que realizaban una recorrida de rutina sobre la Ruta Provincial Nº19 dentro del mismo ubicaron trillos de cazadores furtivos con huellas recientes, a partir de ese momento realizaron una espera en ambos lados del lugar de ingreso.
Luego de varias horas aguardando pueden observar entre la espesura a dos personas con linternas encendidas, momento en el cual los Guardaparques se identifican como inspectores del organismo ambiental logrando –sin resistencia por parte de los cazadores- despojarlos de sus armas.
Posteriormente se labraron las correspondientes actuaciones, trasladando a los sujetos, armas y municiones a disposición de las autoridades en la comisaria de Andresito.
Fonte: REDE Os Verdes/via Facebook

terça-feira, 27 de agosto de 2013

#MumbaiGangRape: Os homens da Índia falam!

Os jornalistas indianos, tanto da mídia impressa e eletrônica posam para fotos segurando cartazes em protesto contra um estupro coletivo de uma mulher fotojornalista indiana em 24 de agosto de 2013. (Imagem: EPA/Jaipal Singh)
#MumbaiGangRape: Os homens da Índia falam!
Como os homens podem ser parte da solução para acabar com a violência contra as mulheres?
Os indianos estão mais uma vez indignados com mais um estupro. Desta vez foi um assalto contra um grupo de jovens no coração de Mumbai, a maior e mais cosmopolita cidade do país.
Esta nova onda de indignação e protesto vem apenas oito meses depois de uma mulher de Nova Delhi morrer de ferimentos sofridos a partir de um estupro coletivo.

Nesta quarta-feira, 28 de agosto, 19:30, haverá um painel de debates na Índia só com homens sobre as atitudes em relação às mulheres no país. Junte-se a nós!
Fonte: REDE Os Verdes/via Aljazeera

Portugal: A situação actual da A4!

Portugal: A situação actual da A4!
Como é do conhecimento de todos a Associação dos Animais de Águeda  (A4) tem um número supreendente de animais acolhidos. Neste momento, temos ao nosso encargo mais de 330 cães e 60 gatos, não contando com os patudinhos a quem directamente ou indirectamente ajudamos, espalhados por colónias em diversos pontos do concelho de Águeda e em famílias de acolhimento.
E o número não pára de aumentar semanalmente, pois ora são deixados acorrentados às portas do Centro de Acolhimento (ainda ontem foram abandonadas duas cadelinhas, tendo uma delas um tumor...) ou vão lá parar por intermédio de amigos da Associação ou por pressão de donos que subjugados pela crise se desfazem dos seus animais de companhia ou que tidos, para muitas pessoas como simples objectos, são simplesmente dispensados dos seus lares!
Sim, a crise encarregou-se, como já seria de esperar, de trazer impiedosamente mais abandonos, mais situações de desumanização de tratamento da vida de cães e gatos, a que nós, com imensa pena, não conseguimos dar resposta. Quanto às adoções em tempo de férias estas têm sido muito escassas ou mesmo inexistentes...
Não temos e não teremos nos próximos tempos as mínimas condições para albergar mais animais, pois enfrentamos diáriamente uma situação dramática de falta de recursos monetários e outros, que nos dificulta, por si só, imenso a tarefa de alimentar com dignidade os animais já albergados.
Os  apoios periódicos garantidos pela Câmara Municipal de Águeda , bem como os donativos provenientes de diversas entidades empresariais do concelho e de inúmeras individualidades beneméritas da causa animal (a quem,com frequência, prestamos a todos  a nossa merecida homenagem), mostram-se insuficentes para fazer face a uma factura semanal que ronda os 520 euros, que se traduzem invariávelmente na compra  de 40 sacos de ração de cão e 10 de gato!
Só neste mês de Agosto e dado a inexistência da concretização de campanhas de angariação de ração (apesar dos apelos constantes aos supermercados da área), a A4 já suportou despesas no valor de 1600 euros, sem contar com as despesas do salário de um trabalhador,de farmácia, hospital e pagamento de dívidas por ainda saldar!
É, sem dúvida, uma factura demasiado pesada para uma Associação com tão poucos recursos, mas com tantos animais para alimentar e cuidar! Já  há algum tempo que o montante em falta para cobrir as despesas tem sido suportado,sempre que possível, pela Presidente, Dália, e pela sua irmã Alice, actual Tesoureira da Direção, as que em prol do amor incondicional aos animais, abdicam de todo o conforto e comodidades que os seus rendimentos poderiam trazer às suas vidas.
Infelizmente, estas louváveis MULHERES assistitram, penosamente, há pouco tempo a um corte substancial nos seus rendimentos que ronda mensalmente os 1100 euros. Assim sendo, o panorama da A4 está, com toda a sinceridade, uma catástrofe. A nossa situação é gravíssima, estamos completamente deseperados...
Por outro lado, toda esta situação deplorável é agravada pela falta de voluntariado, que não nos permite ter uma Associação Animal mais proactiva. Neste momento temos apenas duas pesssoas disponíveis (sendo que uma delas é uma trabalhadora contratada) para cuidar e mimar dos 330 animais acolhidos, bem como das limpezas do espaço inerente. Os restantes voluntários mais regulares são igualmente muito poucos face às inúmeras actividades exigidas, que nos deixam muitas vezes aquém  de mais apoios, de mais associados...
Deste modo, ainda que a muito custo, apelamos mais uma vez à sua solidariedade, a qual vai fazer toda a diferença para a A4!
Poderá demonstrá-la das mais ínfimas maneiras: através de donativos em dinheiro ( NIB nº 004532404016982033110 - Crédito Agrícola) ou em ração; da doação do seu tempo nas idas ao Abrigo ou  na promoção e concretização de novas actividades de adoção, de apadrinhamento... e eventos que permitam angariar um maior número de ajudas e tornar a missão desta Associação mais suportável! 
Os "nossos" patudinhos precisam de si!
A A4 precisa de si!

Muito obrigado!
Por favor partilhe este e-mail!
Contactos:
Carina – 911158953
Dália - 915858665

ASSOCIAÇÃO DOS AMIGOS DOS ANIMAIS DE ÁGUEDA
E-mail: animaisagueda@gmail.com
Facebook: AnimaisÁgueda
Fonte: REDE Os Verdes/via e-mail

domingo, 25 de agosto de 2013

Yosemite wildfire: state of emergency declared for San Francisco

 Firefighters wait in a safety zone near the fire next to Yosemite national park
Yosemite wildfire: state of emergency declared for San Francisco
California governor Jerry Brown cites threats to electricity and water supplies as firefighters consider asking for military help
A wildfire raging at the edge of Yosemite national park is threatening power lines that provide electricity to San Francisco, prompting California governor Jerry Brown to declare a state of emergency.
The fire has damaged the electrical infrastructure serving the city, and forced the San Francisco Public Utilities Commission to shut down power lines, the governor said in his declaration.
There were no reports of blackouts in the city, which is about 200 miles west of the park. The wildfire swept further into Yosemite national park on Friday, remaining largely unchecked as it threatened one of the country's major tourist destinations.
The so-called Rim Fire, which started last week in the Stanislaus national forest, had blackened 11,000 acres (4,450 hectares) at the north-eastern corner of Yosemite as of Friday afternoon after exploding in size overnight, park spokeswoman Kari Cobb said.

The blaze burning in the western Sierra Nevada mountains is now the fastest-moving of 50 large wildfires raging across the drought-parched US west that have strained resources and prompted fire managers to open talks with Pentagon commanders and Canadian officials about possible reinforcements.
Read more in The Guardian

ピンク・フロイドの名曲“THE DARK SIDE OF THE MOON”がラジオドラマ化、その絢爛狂気なティーザー映像

ピンク・フロイドの名曲“THE DARK SIDE OF THE MOON”がラジオドラマ化、その絢爛狂気なティーザー映像

イギリス出身のロック・バンド、ピンク・フロイドが大ヒットを飛ばしたあの名曲“THE DARK SIDE OF THE MOON(邦題:狂気)”が今年で発売より40周年を迎えている。これを記念して、様々な企画が進行中であるが、英BBC Radio 2で8月26日に放送される予定のラジオドラマ、『Dark Side』のアニメーション映像が公開中だ。

 このラジオドラマは1時間の作品で、脚本はイギリスの劇作家のトム・ストッパード。テーマは、THE DARK SIDE OF THE MOONの主要テーマでもあった、”人類の闘争心”、”貪欲さ”、”狂気”をベースにしたものであり、それらを哲学的なコメディ風味に仕上げたものなんだ そうだ。

 ドラマには“THE DARK SIDE OF THE MOON”の楽曲も使用されている。尚、“THE DARK SIDE OF THE MOON”はYOUTUBEで公式サイトより無料配信中だ。

 公式サイト:Pink Floyd - Dark Side of the Moon - 40th Anniversary 1973-2013

 Via Karapaia

ごらん、地球が呼吸してるよ。まるで生命体のような神秘の地球、アニメーション

 ごらん、地球が呼吸してるよ。まるで生命体のような神秘の地球、アニメーション
NASAは、可視光で捉えた地球の本当の色を、膨大な地球観測衛星データの処理に基づき記録したブルーマーブルデータを作っている。最も解像度が高いデー タでは地球表面を1km四方の細かさで眺めることができるため、地球表面の環境の多様さをじかに確かめることができる。ネルソンはこのデータを利用し、感 動的な呼吸する地球のGIFアニメーションを作り上げた。

日本の北海道や日本海側北部も呼吸をしているね。

 NASAのブルーマーブルデータは誰もが利用できるよう公式ホームページに公開されている。

おともだちのみんなも、この美しいNASAのデータを利用して、夏休みの課題とかを仕上げてみたらどうだろうか?

Via Karapaia

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Amprenta ecologică a României – De câte planete avem nevoie până în 2050

Amprenta ecologică a României – De câte planete avem nevoie până în 2050
Săptămâna aceasta am epuizat toate resursele naturale pe care Pământul ni le punea la dispoziție până la sfârșitul anului
Cunoscută și drept ,,Earth overshoot day”, ziua în care capacitatea anuală a planetei este depășită de nevoile omului  a venit mai repede decât era prognozată anul acesta.
Potrivit The Global Footprint Network, citat de dailymail.com, până la sfârșitul lui 2013 ne vom afla în ,,datorie ecologică” .
Cum se calculează ziua în care Pământul își epuizează resursele?
Earth overshoot day” se calculează prin compararea cererilor și nevoilor oamenilor cu resursele globale. Calculul determină ,,amprenta noastră ecologică” asupra Pământului. Anul acesta, în doar nouă luni, am epuizat o cantitate prea mare de resurse pentru capacitatea de regenerare a Pământului. 
În 1961, oamenii foloseau cam două treimi din ceea ce ne punea planeta la dispoziție. Din anii `70, însă, cantitatea emisiilor de carbon a crescut, la fel ca și consumul. Practic, pe la jumătatea acestui secol, așa cum explică ecologiștii, vom avea nevoie chiar de resursele echivalente a două planete pentru a ne putea susține nevoile. 
”Deficitele ecologice și financiare sunt fațetele aceleași monede. Pe termen lung, statele nu vor putea să se adreseze unei probleme fără a ține cont de cealaltă”, a afirmat Alessandro Galli, director regional pentru Global Footprint Network. 
Care este amprenta ecologică a României? 
Potrivit Raportului Planeta Vie pe 2012, românii utilizează 2,84 hectare din suprafaţa globului pentru resurse, la o capacitate a planetei de doar 1,8 hectare de teren şi apă.
Desigur, amprenta României nu este una la fel de mare precum în zonele mai dezvoltate (Australia are o amprentă de 6,68, Emiratele Arabe Unite 8,44). Dacă am trăi în acest moment așa cum trăiesc locuitorii Statelor Unite, de exemplu, am avea nevoie de resursele a patru planete, mai precizează raportul. 
Un alt element care contribuie la mărirea amprentelor ecologice este extinderea orașelor care determină creșterea emisiilor de carbon. În prezent, mai mult de 50% din populația globală trăiește în mediul urban. Chiar și în România, 54% dintre locuitori stau în marile orașe.
Pentru 2050 scenariul devine și mai sumbru. În condițiile în care, până atunci, populația va atinge cifra de 9-10 miliarde, cererea de resurse va crește la 70%. Pentru a face față unei astfel de cereri, vom avea nevoie de 2,9 planete. 
Raportul propune și o serie de soluții pentru a proteja resursele naturale insuficiente: 
-         Folosirea unor tehnici de cultivare a pământului și sisteme de irigare mai bune 
-         Reducerea cantității de deșeuri 
-         Tranformarea terenurilor degradate în unele productive 
-         Schimbarea dietelor (consumarea, spre exemplu, a unei cantități mai mici de carne, mai ales în țările dezvoltate) 
-         Folosirea energiei regenerabile
În acest sens, capătă din ce în ce mai multă importanță și CSR-ul (responsabilitate socială corporativă).
Potrivit managementstudyguide.com, o companiei care are o strategie de responsabilitate socială își va construi, pe de-o parte, o imagine pozitivă, iar, pe de altă parte, va reuși să facă și economii (de exemplu prin calculatoare care consumă energie mai puțină sau hărtie reciclabilă).
Sursă: Manager Express

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Le gouvernement du Mexique dévoile des pièces mayas prouvant le contact extra-terrestre

Le gouvernement du Mexique dévoile des pièces mayas prouvant le contact extra-terrestre
Pour ceux qui avaient encore des doutes en ce qui a trait aux contacts extra-terrestres avec nos anciennes civilisations, cette fois, on ne peut plus clairs!
Le gouvernement mexicain a frappé un grand coup dans l’histoire cachée de l’humanité. Dans la section archéologie oubliée, le pays dévoilera publiquement une série de pièces Mayas découvertes il y environ 80 ans par une équipe du National Institute of Anthropoly and History (INAH) sur le site de Calakmul au Mexique.
Ces pièces exceptionnelles ont déjà été présentées l’an dernier et feront l’objet d’un documentaire qui sortira cet automne et qui sera produit par Raul Julia-Levy et réalisé par Juan Carlos Rulfo, le gagnant du festival Sundance 2006 avec son film « In the pit ». Ce documentaire porte le nom provisoire « Revelations of the Mayans 2012 and beyond ».
L’une des pièces maîtresses dévoilées est un disque on ne peut plus explicite. On peut y voir clairement 4 engins, communément appelés OVNI, dont l’une démontre par une extraction, un astronaute (5) aux commandes de son engin (6). Les deux cercles au centre (1) sont présentement considérés comme une planète à atmosphère de par les deux cercles le suggérant et qu’on peut supposer être la Terre du fait de la présence d’un astre à proximité qui semble être la Lune. À droite, ce qui semble être une comète (3) avec un OVNI (2) dans son sciage, puis, à gauche, un autre engin (4) qui semble intervenir directement sur la comète comme porteur d’un bélier pour frapper la comète.
Une autre pièce fort intrigante semble représenter une éruption solaire. Le soleil envoie un jet de rayon vers la même planète à atmosphère, soit la Terre, événement régulièrement mesuré par la NASA dont vous pouvez suivre l’activité sur le site Space Weather. Trois Ovnis sont présents sur cet artefact dont l’un est directement dans le jet plasmique. Une autre planète est également présente, mais il est difficile de préciser laquelle de notre système solaire.
Cette pièce fort importante semble confirmer les informations que nous recevons par diverses canalisations et qui nous informent du rôle majeur du soleil dans les événements à venir . Celui-ci est la clé de notre élévation de conscience et cet artefact vieux de 1,300 ans semble nous l’indiquer. Les Maya savaient que nous étions dans le 5e et dernier cycle de 5125 ans d’un plus grand cycle de 26,000 ans. C’est ce que leurs calendriers mesuraient. Par ailleurs, les scientifiques de la NASA prévoient une éruption majeure d’ici la fin de 2013 ce qui corrobore l’ensemble des informations obtenues
Klauss Dona accompagné du Dr Nassim Haramein ont présenté des photographies de certaines pièces lors d’une conférence au Congresshalle à Saarbrücken en Allemagne, le 11 juin 2011. Vous trouverez au bas de cet article la référence aux extraits de cette conférence.
Les autres pièces sont des représentations qui ressemblent étrangement aux petits bonshommes E.T. que nous connaissons.
Ce qui est encore plus troublant sont les révélations du ministre du Tourisme mexicain, Luis Augusto Garcia Rosado qui déclare que :
1) La traduction de codex relate les contacts entre les extra-terrestres et le peuple Maya.
2) Des pistes d’atterrissage daté à 3,000 ans ont été trouvées dans la jungle.
3) Ils possèdent des preuves que les Mayas avaient l’intention de mener cette planète pour des milliers d’années, mais qu’ils ont été forcés de s’échapper après une invasion « d’êtres aux sombres intensions » laissant derrière eux les évidences d’une race hautement avancée.
Je crois qu’à l’approche de la date de fin de cycle du calendrier maya, les autorités mexicaines semblent avoir fait un examen de conscience dont le résultat a été d’informer le public. Je crois également qu’il s’agit du bon choix et que celui-ci devrait servir d’exemple pour les autres nations, je pense, entre autres, aux États-Unis où un changement d’attitude important s’impose.
N’oubliez pas que nous sommes à la période des révélations où tout ce qui était caché se dévoile. Les scandales de tout sort au même titre que l’archéologie cachée font partie de ce grand dévoilement. Si vous me demandez mon avis, je vous dirai que nous n’en sommes qu’au début des surprises de cette magnifique période qui s’ouvre à nous. Pour ceux dont ce dévoilement est un véritable choc, je vous implore d’ouvrir votre conscience, car vous n’êtes pas au bout de vos découvertes.
Source: Arcturius.Org

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Japão vê ‘emergência’ em vazamento de água radiativa de Fukushima

Japão vê ‘emergência’ em vazamento de água radiativa de Fukushima
Água altamente radiativa vazou da usina de Fukushima para o mar, criando uma situação de emergência que a empresa dona da usina tem dificuldades para resolver, disse um funcionário da agência nuclear japonesa.
A água contaminada no lençol freático está subindo para a superfície e excedendo os limites legais de descarga radiativa, disse à Reuters Shinji Kinjo, diretor da força-tarefa da Autoridade Reguladora Nuclear do Japão.
As medidas adotadas pela empresa Tokyo Electric Power Co. (Tepco) são apenas uma solução temporária, segundo ele. “Neste momento, temos uma emergência”, afirmou.
A Tepco foi muito criticada por não ter se preparado adequadamente para situações como o terremoto seguido de tsunami que destruiu a usina de Fukushima em 2011. A empresa também foi acusada de tentar acobertar suas falhas e de reagir de forma incompetente ao derretimento dos reatores.
Não ficou claro qual é o nível de ameaça representado pela água contaminada no lençol freático. Nas primeiras semanas depois do desastre, o governo japonês autorizou a Tepco a despejar dezenas de milhares de toneladas de água contaminada no Pacífico.
Países vizinhos e pescadores locais criticaram a decisão, e a Tepco prometeu que não jogaria mais água radiativa no mar sem o consentimento de autoridades municipais da região.
“Até sabermos exatamente a densidade e volume da água que está fluindo, honestamente não posso especular sobre o impacto no mar”, disse Mitsuo Uematsu, do Instituto Centro para a Colaboração Internacional e Pesquisa Atmosférica e Oceânica, da Universidade de Tóquio.
“Deveríamos verificar também quais são os níveis na água do mar. Se for só dentro do porto e não estiver escoando para o mar, ela pode não se espalhar tanto quanto temem alguns.”
A Tepco disse estar adotando várias medidas para que a água contaminada não saia da baía próxima à usina. Em e-mail à Reuters, a empresa disse que a Tepco se desculpou profusamente com moradores da região de Fukushima por causa dos inconvenientes e preocupações causados pelo caso.
A usina bombeia diariamente 400 toneladas de água que escorre pelo lençol freático dos morros próximos à usina. A água é guardada em porões dos prédios destruídos, onde se mistura à água altamente radiativa que é usada para resfriar os reatores e mantê-los em um estado estável, abaixo de 100 graus Celsius.
Fonte: G1