.

.

sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Em defesa da Palestina

En Defensa de Palestina
Declaramos nuestra adhesión a las palabras del compañero Evo Morales, fundador de la Red En Defensa de la Humanidad y Presidente del Estado Plurinacional de Bolivia, por las que se declara a Israel como Estado terrorista.


La Paz, Estado Plurinacional de Bolivia
4 de agosto de 2014

La Red En Defensa de la Humanidad (REDH), ante los trágicos sucesos que está viviendo el hermano pueblo palestino en Gaza, cumple con su deber de manifestar lo siguiente:

Declaramos nuestra adhesión a las palabras del compañero Evo Morales, fundador de la Red En Defensa de la Humanidad y Presidente del Estado Plurinacional de Bolivia, por las que se declara a Israel como Estado terrorista.
Manifestamos nuestra absoluta repulsa al genocidio que sufre el pueblo palestino a manos de un Estado fundado sobre el despojo y la ocupación colonial de los territorios palestinos.

Reconocemos y expresamos nuestra solidaridad con la heroica lucha del pueblo palestino y de sus organizaciones de resistencia, especialmente en Gaza, contra el intento de Israel de exterminarlo y arrebatarle los jirones que quedan de lo que fue su patria. 
Condenamos el rol imperialista de Estados Unidos que alimenta y apoya política, financiera y militarmente a Israel ante la insólita inacción del Consejo de Seguridad de la ONU, cuyas resoluciones sobre la cuestión Palestina son violadas sistemática e impunemente por Washington. Unos Estados Unidos que muestran la hipocresía y el cinismo con el que han venido actuando a lo largo de su historia, amenazando con sanciones e intervenciones a pueblos de América Latina, África y Eurasia que defienden su soberanía al mismo tiempo que respalda la acción de Israel.

Denunciamos la complicidad con estos hechos, por omisión en algunos casos, de los gobiernos de la Unión Europea, así como la subordinación incondicional de los oligopolios mediáticos a los dictados de Washington. ¡Basta ya de llamar guerra al genocidio perpetrado por uno de los ejércitos mejor armados del mundo contra un pueblo cuyos recursos defensivos son infinitamente inferiores en número y calidad!

Animamos a sumarse a la campaña por el Boicot, las Desinversiones y las Sanciones al Estado terrorista de Israel, siendo hora de la solidaridad activa y creativa, más allá de comunicados de condena. Hemos fallado a las más de 1600 personas asesinadas en Palestina en las últimas semanas, así como a las más de 9000 heridas desde que comenzó la operación terrorista llamada hipócritamente “Margen Protector”.
Exigimos el fin del apartheid y el genocidio, así como de los muros y asentamientos ilegales. Demandamos a los gobiernos del mundo que exijan a Israel el cumplimiento de las resoluciones del Consejo de Seguridad de la ONU que lo obligan a retirarse de Gaza, Cisjordania y Jerusalén Oriental, retornar a las fronteras anteriores a la “Guerra de los Seis Días” (1967) y asegurar el retorno de los refugiados palestinos, tal cual fuera establecido por la Resolución del Consejo de Seguridad Nº 242 del 22 de noviembre de 1967, resolución incumplida hasta el día de hoy por el Estado de Israel.

Nos pronunciamos por una verdadera solución política del conflicto en Palestina sobre la base del diálogo, la negociación y la existencia de dos Estados con iguales derechos y fronteras delimitadas y reconocidas internacionalmente, solución que pasa por el inmediato levantamiento del bloqueo a Gaza y la liberación de todos los presos políticos palestinos. Saludamos la postura solidaria de los gobiernos del ALBA, Mercosur y otros gobiernos del Sur contra la bárbara conducta de Israel en Gaza.

Haciendo nuestras las palabras del revolucionario Nelson Mandela: “sabemos demasiado bien que nuestra libertad será incompleta sin la libertad de Palestina”, afirmamos que Israel ha perdido moral y políticamente esta batalla frente al valiente pueblo palestino y merece la condena creciente de los pueblos del mundo a un Estado “canalla” que viola la legalidad internacional.

La indoblegable resistencia palestina tendrá su recompensa más temprano que tarde en la sonrisa de sus niñas y niños en una patria libre.¡Contra el terrorismo israelí y el imperialismo estadounidense, en defensa del derecho de autodeterminación de Palestina y de todos los pueblos del mundo!

Fuente: Red Los Verdes/via Cuba Debate

quinta-feira, 5 de junho de 2014

Dia Mundial dos Ambientalistas - 04 de junho

"Somos um planeta vivo, Sofia! Somos um grande barco navegando ao redor de um sol incandescente no universo. Mas cada um de nós é um barco em si mesmo, um barco carregado de genes navegando pela vida. Se conseguirmos levar esta carga ao porto mais próximo, nossa vida não terá sido em vão." - Jostein Gaarder
Dia Mundial do Ambientalista
O Movimento Ambientalista Os Verdes - Brasil, afiliada a FAI - Federación Ambientalista Internacional, 
com sede na Venezuela, concedeu aos AMBIENTALISTAS abaixo listados, o CERTIFICADO assinado pela REDE Os Verdes, FAI - Federación Ambientalista Internacional e a REDE de Ativistas Ambientalistas da Região Sul. Foram homenageados 100 ambientalistas por seus relevantes serviços voluntários, sua dedicação a causa do meio ambiente e do Planeta e por encorajar outros milhares para manterem a luta em defesa da Vida e de nossa existência na Terra.

04 de junho de 2014

Muito Obrigado à:

Liana Utin Guassu - Porto Alegre/Brasil
Eduardo Cejanes Cezimbra - Porto Alegre/Brasil
Eduino de Mattos - Porto Alegre/Brasil
Eliane Carmanim Lima - Porto Alegre/Brasil
Mancuso Monteiro - Pará/Brasil
Alexandre Gontijo - Rio de Janeiro/Brasil
Alexandre Mattos - Sorocaba/Brasil
Adriana Micarelli Figueiredo - Rio de Janeiro/Brasil
Andreia Pereira Lock - Santa Maria/Brasil
Dora Saunier Trindade - Manaus/Brasil
Rita Vieira - Rio de Janeiro/Brasil
Ondanir Souza - Caçador/Brasil
Lony Amatller espada - Santa Cruz da la Sierra/Bolívia
Norma Hennemann - Sentinela do Sul/Brasil
Ramon Buttowski - Campina Grande/Brasil
Juliana Baum - Tapes/Brasil
Anarolina Soares - Pelotas/Brasil
Lori Brandt Dalla Porta - Santa Cruz/Brasil
Renato Sandoval Aguillera - Parral/Chile
Alda Miller - Porto Alegre/Brasil
Aneci Silva - Tapes/Brasil
Aramy Fablício - Fagundes/Brasil
Felipe Viana - Porto Alegre/Brasil
Kathia Vasconcelos - Porto Alegre/Brasil
Marco Santos Mikonga - Campo Bom/Brasil
Montserrat Martins - Porto Alegre/Brasil
Nélson Vasconcelos - Porto Alegre/Brasil
Rafael Fernandes - Tapes/Brasil
Vilmar Berna - Niterói/Brasil
Helga Manrique - Cáli/Colômbia
Adão Oliveira - Caxias do Sul/Brasil
Margot Perez - Coyoacán/México
Nilda Woudrryh - Buenos Aires/Argentina
Vera Miranda - Pelotas/Brasil
Rogério Medeirros - Rio Grande/Brasil
Leomar de Castro - Niterói/Brasil
Albina Cusmanich Ayala - Barra Mansa/Brasil
Bere Adams - Novo Hamburgo/Brasil
Antonio Carlos Stecca - Buri/Brasil
Amarildo Ferrari - Porto Alegre/Brasil
Geraldo Silva Jardim - Santa Catarina/Brasil
Irene D Ottenfels - Petrópolis/Brasil
Jorge Longo Monteiro - Itacaré/Brasil
Lucinda Gonçalves Pinheiro - Passo Fundo/Brasil
Noemia Lopes Gschwend - Rio de Janeiro/Brasil
Julio Trescastro - Sentinela do Sul/Brasil
Anjel Rojas Filho - Porto Alegre/Brasil
Adriana Ramos - Brasília/Brasil
Kate Gonçalves - São Paulo/Brasil
Diego Hoff Vaskoski - Tapes/Brasil
Carolina Gomez da Silva - Laguna/Brasil
João Batista Andrade - Laguna/Brasil
William Batista - Angra dos Reis/Brasil
Maria Helena Moura Luz - São Luís/Brasil
Marlene Gobbo - Porto Alegre/Brasil
Vanessa Melgare - Porto Alegre/Brasil
Kaio Campelo - Teresina/Brasil
Ângela Schinoff - Tapes/Brasil
Francisco Siliprandi Kuwer - Porto Alegre/Brasil
Valdirene Camatti Sartori - Caxias do Sul/Brasil
Miguel Jorge Souza - Rio de Janeiro/Brasil
Mauricio Valle Salles - Belo Horizonte/Brasil
Geane Reis - Montes Claros/Brasil
Mada Monteiro - Sertão Santana/Brasil
Daniela Hochmann - Nova Santa Rita/Brasil
Adelita Rödel Campos - Sentinela do Sul/Brasil
Fábio Fernandes - São Paulo/Brasil
Antonio Carlos Jorge - São Paulo/Brasil
Jussara Beck - Tubarão/Brasil
Flor Morena - Belo Horizonte/Brasil
Jane Luz - São Luís/Brasil
Alejandroo Castañeda Rivera - Ibagué/Colômbia
Ana Paula Augusta Oliveira - Porto Nacional/Brasil
Otávio Valente Ruivo - Caxias do Sul/Brasil
Vírginia Ortiz - Porto Alegre/RS
Jacqueline Saraiva - Brasília/Brasil
José Carlos Cintra - Santana da Parnaíba/Brasil
Saulo Francisco Paganella - Florianópolis/Brasil
João Siqueira da Mata - Jales/Brasil
Antonio Pádua Silva - Franca/Brasil
María Paula Ramírez - Tunja/Colômbia
Renata Soares - Teresina/Brasil
Miro Souza - Petrolina/Brasil
Rogério Rocco - Rio de Janeiro/Brasil
Wigold Schaffer - Atalanta/Brasil
Sucena Shkrada Resk - São Caetano do Sul/Brasil
Marcia Pimenta - Rio de Janeiro/Brasil
Isadora Schnorr Martins - Porto Alegre/Brasil
Ester Maria Santurion - Porto Alegre/Brasil
Nélson Luis Wendel - Joinville/Brasil
Carlos Eduardo Sander - Passo Fundo/Brasil
Barbara de Lacerda Valença - Teresina/Brasil
Bruna Montanini - Franca/Brasil
Tânia Bilhalva Goulart - Florianópolis/Brasil
Adriane Bertoglio Rodrigues - Porto Alegre/Brasil
Jairo Cunha - Sentinela do Sul/Brasil
Valtemir Fernandes - Porto Alegre/Brasil
Alfredo Segundo Borges - Ojeda/Venezuela
Alfredo Vera Nuñez - Talcahuano/Chile
Ricardo Machado - Rio de Janeiro/Brasil

segunda-feira, 2 de junho de 2014

IDEIAS PARA SEREM REALIZADAS NO DIA 04 DE JUNHO

IDEIAS PARA SEREM REALIZADAS NO DIA 04 DE JUNHO

Queridos amigos que confirmaram a participação no evento global para celebrarmos a data de 04 de junho, Dia Mundial dos Ambientalistas.
Primeiramente, gostaríamos em nome de Os Verdes e da FAI, agradecer sua adesão ao nosso objetivo, que é de dar visibilidade à proposta de que a ONU (Organização das Nações Unidas) venha a declarar a data de 04 de junho, como o Dia Mundial dos Ambientalistas.
Para tanto, pedimos sua ajuda apoiando e divulgando nossa Petição para que possamos reunir 5 mil assinaturas à serem enviadas ao secretário-geral da ONU, Sr. Ban Ki Moon, afim de que seja instituída a data no âmbito das Nações Unidas e colocadas no calendário internacional de eventos.
Para isso, basta entrar neste link abaixo e ajudar assinando com seu e-mail, seu nome, seu país de origem e CEP de sua cidade.
https://secure.avaaz.org/po/petition/Ban_Ki_Moon_Secretario_Geral_da_ONU_Declarar_o_Dia_04_de_junho_o_Dia_Mundial_do_Ambientalista/?Day2Share 

Após este apoio, que será importante ser amplificado para todos os lugares onde estão seus contatos, que poderão ajudar também assinando, podendo reverberar o pedido nas redes sociais, por e-mails, mensagens de celular e outros meios de comunicação, postando em Blogs e Sites o pedido de apoio e o link de acesso.
Na data de 04 de junho, ou até mesmo para divulgar os objetivos e a causa que adotamos, poderá cada um dos apoiadores enviar para a redação de jornais, TVs, rádios, blogs de notícias e outros meios virtuais, um artigo para tratar do assunto, informando os objetivos e a ação para sensibilizar a ONU para este projeto da FAI e apoiado por Os Verdes entre centenas de outras entidades ambientalistas e redes de ativistas em todo o mundo.
Também poderão ser realizadas reuniões de ambientalistas, exibição de filmes sobre o tema ou sobre o meio ambiente, ações de limpeza de uma praia, ou bairro que precise de uma ação ecologista para ajudar na sua melhoria e busca de qualidade de vida naquela comunidade, poderá ser feita uma ação de educação ambiental em um local público para incentivar as pessoas a proteger o meio ambiente, com plantio de árvores ou campanha de adoção de animais de rua abandonados, enfim, várias ideias e projetos que poderão ser realizadas de forma individual ou coletiva, dependendo do grau de participação das pessoas e das entidades, muita coisa poderá ser feita para lembrar e honrar centenas de ambientalistas que deram suas Vidas pela conservação e proteção da Vida de milhões de outras pessoas.
Iremos divulgar por esta página, todas as possíveis ideias e projetos que serão realizadas na data de 04 de junho, bastando que nossos amigos informem o tipo de ação coletiva ou individual, o local de reunião ou a atividade, com horário de início e término, bem como um breve relato do que será realizado em nome do Dia Mundial dos Ambientalistas.Assim, mobilizaremos mais e mais pessoas para este objetivo, firmar a data e colaborar para a visibilidade da Causa dos ambientalistas em defesa do único planeta que sabemos existe Vida em abundância, da qual dependemos todos para que exista uma vida saudável, sem exceção alguma entre os seres vivos que habitam o planeta Terra.
Agradecemos sua participação e não esqueça, ajude nossa Petição (https://secure.avaaz.org/po/petition/Ban_Ki_Moon_Secretario_Geral_da_ONU_Declarar_o_Dia_04_de_junho_o_Dia_Mundial_do_Ambientalista/?Day2Share) para que a ONU declare o dia 04 de junho, como a data máxima para os ambientalistas do mundo todo.

Saudações ambientalistas!
Federação Ambientalista Internacional (Venezuela)

Movimento Ambientalista Os Verdes (Brasil)

terça-feira, 13 de maio de 2014

Os Verdes apoiam a ONG Patas Dadas

Amigos de Os Verdes, novamente obrigado por cooperarem com a ONG Patas Dadas, que está subindo no ranking da Copa das ONGs, e de 10º lugar ontem as 22 horas, já estão em 4º lugar, com mais de 10.000 pontos da primeira tarefa.
Assim, vamos continuar pedindo apoio para todos, pois este grupo de pessoas ajuda centenas de animais, aqueles que são descartados, feios, debilitados e que ninguém quer, pois são animais de rua, muitos estão doentes e são tratados pelos novos veterinários, que estão estudando na faculdade e que são solidários com os cães e gatos abandonados.

Para ajudar, entre neste link http://ww2.hercosulalimentos.com.br/copadasongs/ e cumpra a etapa de inscrição e download do Avatar da ONG, mas para isso, tem que colocar o CPF para validar o voto e trocar a imagem do Perfil para aumentar a pontuação da ONG Patas Dadas. Muito Obrigado!
Copa das ONGs - Hercosul
ww2.hercosulalimentos.com.br

Valeu por seu apoio ao Patas Dadas
Visite-os no Facebook.

Prêmio Pioneiras da Ecologia

 Click na Imagem para ampliar
Leia o Regulamento no Dropbox de Os Verdes, Click aqui
Baixe a Ficha de Inscrição no Dropbox de Os Verdes, Click aqui
Veja o Folder do evento no Dropbox de Os Verdes. Click aqui
Fonte: REDE Os Verdes/via e-mail

terça-feira, 6 de maio de 2014

II EIMAPI - Encontro Integrado de Meio Ambiente do Piauí

II EIMAPI 
Vem aí... o Segundo Encontro Integrado de Meio Ambiente do Piauí! 

Para quem ainda não sabe, nós do Grupo Ambientalista Universitário Os Verdes do Piauí já estamos nos organizando em Comissões para realizar o Segundo Encontro Integrado de Meio Ambiente do Piauí – II EIMAPI, em data a ser definida no segundo semestre de 2014 entre agosto/setembro/outubro, dessa vez ainda mais diversificado e variado, graças à boa repercussão do I EIMAPI.

Anote e salve aí então os contatos importantes:
- (86) 9457 7131 
nossa linha exclusiva do Grupo Os Verdes do Piauí, com a qual você fala diretamente com o presidente do grupo Kaio Campelo
nesse email você pode nos encaminhar sua manifestação de qualquer forma: dúvida, crítica, sugestão, interesse em participar, colaborar com eventos como o EIMAPI, propor ideias ao grupo, solicitar apoio para montar um núcleo em sua faculdade, etc.

- No Facebook "Grupo Os Verdes do Piauí"

local virtual para interação e troca de mensagens, etc.

- www.osverdespi.blogspot.com.br

no blogue tem algumas postagens sobre ativismo, ambientalismo e ecologia


nosso link com registro de atividades acadêmicas e eventos do grupo

Outra: se você é do tipo comunicativ@, tagarela, desenrolad@ e ativista, por que não participar conosco? É! Ainda estamos cadastrando pessoas nas faculdades para realizar com a gente o EIMAPI. Se você sentir tesão e amor pela causa ambientalista, apareça!

Nós ficamos na Sala Verde "Prof. Deocleciano Guedes" que está situada bem no Diretório Central dos Estudantes da Universidade Federal do Piauí DCE-UFPI - Campus Min. Petrônio Portella, bairro Ininga em Teresina-PI. 

Nós realizaremos reuniões frequentes para debater, encaminhar e delegar atribuições de gestão de tarefas ao longo de toda a preparação. Avisaremos tudo pelas redes sociais, Facebook do grupo. É muito bom saber que poderemos contar com sua presença e/ou colaboração, seja ela qual for!

Então façam o seguinte, claro se puderem: enviem essa informação a mais 3, 5 ou 10 contatos de vocês, por qualquer forma: pessoalmente numa conversa, no momento em que estiver batendo papo no telefone, no e-mail, via recado ou mensagem de rede social: Twitter, Facebook, LinkedIn etc., isso é opcional de cada um de vocês! 
Veja as preparações para o II EIMAPI:

1980: o ano em que o Brasil parou para esperar pelos jupterianos

1980: o ano em que o Brasil parou para esperar pelos jupterianos
Conheça a sensacional história sobre uma esperada visita alienígena ao nosso país que nunca aconteceu
Imagine que o maluquinho da sua cidade — ou do seu bairro, prédio, enfim… — anuncia para todo mundo que mantém contato direto com seres extraterrestres e que esse pessoal avisou que pretende fazer uma visitinha aqui na Terra. O que você pensaria dessa história toda? Dificilmente você esperaria ansiosamente que uma nave alienígena aparecesse de verdade, não é mesmo?
Pois em 1980, um homem chamado Edílcio Barbosa — também conhecido como “Mensageiro de Júpiter” — anunciou que um disco voador pousaria nos arredores da cidade de Casimiro de Abreu, no Rio de Janeiro. O encontro com os jupterianos tinha local e hora marcados — e não era em um 1° de abril não! —, e ocorreria exatamente às 05h e 40 minutos do dia 8 de março em uma fazenda chamada Nossa Senhora da Conceição.
Além de visitar a Terra, os alienígenas também trariam de volta quatro seres humanos que haviam sido abduzidos anos antes. Por incrível que pareça, muita gente acreditou que a visita realmente aconteceria e, além de atrair um público de milhares de pessoas, o evento inclusive ganhou repercussão internacional — aliás, segundo o emissário de Júpiter, o pouso era de importância mundial e cósmica!
Repercussão internacional
Além da presença de membros da imprensa de vários países, ufólogos, cientistas, ambulantes, curiosos em geral e até de pesquisadores da NASA, todos os órgãos públicos de Casimiro de Abreu foram mobilizados para recepcionar os alienígenas. Até uma equipe da Defesa Civil do Estado foi enviada ao local para garantir a ordem, o hospital local ficou de prontidão para o caso de possíveis emergências e inclusive um orelhão foi instalado próximo à pista de pouso.Nesse local delimitado, a presença de humanos era proibida, pois, do contrário, o disco voador não desceria. Também circulou entre os espectadores uma espécie de “10 mandamentos” dos extraterrestres, que trazia uma série de instruções que deveriam ser seguidas durante o evento.
Comitê de boas-vindas
Como se não bastasse todo o pandemônio criado em torno da chegada do disco voador, a prefeitura de Casimiro de Abreu organizou um comitê de boas-vindas, e a recepção aos jupterianos incluía passeio em carro aberto pelo centro da cidade, café da manhã e até um baile. Os alienígenas também receberiam a chave da cidade, e o coitado do prefeito até chegou a comprar uma enciclopédia para presentear os visitantes.
Mas, apesar da longa espera e da crescente expectativa do público — que não desgrudava os olhos do firmamento —, no local e dia marcados, quando os ponteiros passaram das 05h40 da manhã, a nave espacial não apareceu e a frustração se espalhou entre todos os presentes. O tumulto foi tanto que o “Mensageiro de Júpiter” teve que de ser escoltado para bem longe da multidão para não ser linchado.
Apesar dessa “gafe” sideral, o emissário dos alienígenas tinha uma explicação para a ausência, alegando que o disco voador não desceu por que havia pessoas demais na área de pouso. Edílcio Barbosa faleceu alguns meses mais tarde, depois de anunciar que os jupterianos apresentariam uma prova de sua aproximação, desta vez fazendo uma visita à cidade vizinha, chamada Rio Bonito. E parece que várias luzes bizarras realmente foram avistadas na região!
Curta-metragem
Esta incrível história, embora tenha virado piada no passado — afinal, ela é muito pitoresca mesmo! —, acabou se transformou em um curta-metragem produzido por Clarice Saliby, filha de uma das testemunhas desse evento nacional e cósmico. Batizado de “Efeito Casimiro”, o filme foi lançado no Festival de Cinema do Rio e já foi exibido nos principais festivais de cinema do mundo.
E se fosse Hoje?
Fonte: Mega Curioso