domingo, 6 de dezembro de 2009

PL 154: SEMA apóia estratégia de retirar quorum da Comissão de Constituição e Justiça

Imagens: Khátia Marco/Engenho Comunicação e Arte
PL 154: SEMA apóia estratégia de retirar quorum da Comissão de Constituição e Justiça
Na manhã de sexta-feira (4/12), dirigentes do Semapi, Apedema, Mogdema, CUT/RS, ABES, Sindiágua e Rede Brasileira de Agendas 21 Locais voltaram a se reunir com o secretário adjunto da SEMA (Secretaria do Meio Ambiente do RS), Giancarlo Tusi Pinto.
O diretor do Semapi Antenor Pacheco destacou que as entidades têm trabalhado junto aos deputados para evitar a votação do PL 154 na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Giancarlo, que na última reunião, dia 27, disse que a Sema é contra a aprovação do PL 154, informou que a secretaria está conversando com os deputados da sua base para possibilitar um debate mais amplo. "Vamos tentar colocar o PL para o final da pauta. Este projeto não é mais unanimidade nem na base do governo. Na pressa de mudar a reserva legal, criaram um emaranhado que só trará problemas para o governo. A governadora também já está reavaliando a sua posição", informou Giancarlo.
Segundo Giancarlo, é preciso esquecer o PL 154 e abrir o debate no Consema sobre as competências estadual e federal e ver o que realmente é preciso ser alterado no Código Ambiental do estado. Questionado sobre a divulgação da posição oficial do secretário Berfran Rosado, Giancarlo disse que o secretário colocou sua opinião na abertura da última reunião do Consema e que irá disponibilizar a íntegra de seu discurso para as entidades publicizar.
Além dos diretores do Semapi Antenor Pacheco e Paulo Mendes, representando também a Secretaria de Meio Ambiente da CUT-RS, estavam presentes na reunião o diretor do Sindiágua David Barros, o diretor da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (ABES) Luis Antônio Grassi, o representante da Apedema e Instituto Biofilia Felipe Amaral, o estudante Eduardo Quadros pelo Mogdema, Julio Wandan pela ONG Os Verdes de Tapes e Norine Polaski pela Rede Brasileira de Agendas 21 Locais.
Fonte: Katia Marko/SEMAPI

Nenhum comentário: