segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Na Cidade dos Cavalos 'abandonados' à morte

Na Cidade dos Cavalos  
'abandonados' à morte 
Neste ano já foram dois os cavalos abandonados à morte, que mobilizaram as pessoas que gostam de animais e que sofreram junto destes pela insensibilidade de seus 'ex-donos', que após 'estropiarem' os animais em carroças, despacham os cavalos para morrer em terrenos baldios nos arrabaldes de Tapes. 
Em um caso anterior deste registrado no Bairro Pontal de Tapes, desta feita na comunidade da Avenida Camaquã, lado sul da cidade, um cavalo velho foi abandonado pelo dono, o que indignou os moradores próximos de um Engenho, que levaram comida, buscaram apoio das autoridades, além de ser acionada uma veterinária para ajudar na avaliação. O cavalo foi sacrificado pela própria intenção do dono (ao abandonar o cavalo), mas, após toda a mobilização se comprometeu a contratar um veterinário para realizar o procedimento de eutanásia, acompanhado por funcionários da Prefeitura e Patram. 
Neste caso do último domingo, 02 de setembro, o animal estava com sede e fome, sem forças para levantar. Após receber soro de veterinários que atenderam a situação, o animal conseguiu reagir e buscar forças para beber dois baldes de água e comer cenouras que as pessoas davam, entre elas crianças que ajudavam no apoio ao resgate do animal. 
Mais uma vez a realidade da questão envolvendo os animais de tração e os animais abandonados nas ruas vem à tona, sem que a solução esteja baseada (não apenas em 'apoios' políticos), mas em ações verdadeiras nos âmbitos legais, como no Legislativo com a promulgação de leis e no Executivo com a implementação de uma política que possa dar condições de bem estar animal e controle de zoonoses na cidade. 
Não é pedir muito, quando assistimos situações vexatórias e desumanas como estas, onde a situação chega neste patamar. Na cidade que sediará a Cidade dos Cavalos, os que ficam 'abandonados' a própria sorte ainda aguardam que suas vidas sejam dignificadas, assim como seus irmãos mais caros e com garbo que irão servir para apoiar o turismo e o lazer dos tapenses. 
Imagens: via Facebook
Por Julio Wandam
Ambientalista
Fonte: REDE Os Verdes/via Facebook

Nenhum comentário: