domingo, 29 de setembro de 2013

Cidade com mais de 50 mil anos é encontrada no fundo do mar

Cidade com mais de 50 mil anos é encontrada no fundo do mar
No fundo do oceano, na área do Triângulo das Bermudas, um grupo de cientistas canadenses descobriu uma cidade perdida. A noroeste da costa de Cuba, a 700 metros de profundidade, um robô submarino tirou as fotografias das ruínas de edifícios, quatro pirâmides gigantes e um objeto parecido com uma esfinge.
Especialistas sugerem que os edifícios pertencem ao período pré-clássico do Caribe e da história da América Central. A antiga cidade podia ser habitada por uma civilização semelhante aos habitantes de Teotihuacán (cidade fantasma de cerca de 2000 anos, localizada a 50 km da cidade do México).
Quem gosta de pesquisar mistérios da humanidade e enigmas do planeta Terra, sabe que o Triângulo das Bermudas até hoje fascina pelas suas ocorrências inexplicáveis.
São fenômenos popularizados em documentários da TV, em livros e revistas, e portanto dificilmente haja quem nunca tenha ouvido falar da região onde aviões e navios desaparecem silenciosa e misteriosamente.
Mas parece que o Triângulo jamais para de nos surpreender.
Para visualizar local da cidade submersa em um mapa maior clique AQUI.
Quem são os responsáveis pela construção de tais monumentos? Como eles foram parar quase intactos no fundo do mar?
É aqui que mais uma vez a ciência oficial conflita com os pesquisadores alternativos.
Apesar de ainda ser cedo, os cientistas afirmam que as ruínas pertencem a uma antiga civilização da América Central do período pré-clássico; já os pesquisadores independentes afirmam que as ruínas provavelmente são de Atlântida, o lendário continente desaparecido mencionado pela primeira vez pelo filósofo Platão.
Independentemente das suas origens, o achado é revolucionário, uma das maiores descobertas arqueológicas dos últimos tempos.
Leia mais: Busquei.Org

Nenhum comentário: