domingo, 14 de março de 2010

Lixo na Índia
O Oceano Atlântico também tem sua mancha de lixo Plásticos encontrados na superfície do Oceano Atlântico.
Alguns meses atrás, falamos sobre a grande mancha de lixo do Oceano Pacífico: um acúmulo de resíduos (em grande parte, plásticos) que ocupa milhares de quilômetros quadrados e está localizada na região oceânica entre Estados Unidos, Canadá e Japão.
Agora, um grupo de cientistas está investigando uma área no norte do Oceano Atlântico onde resíduos plásticos também estão se acumulando.
Segundo a BBC inglesa, a mancha de lixo do Atlântico tem sido amplamente ignorada, mas os resultados de um estudo de duas décadas da instituição norte-americana Sea Education Association revelou algumas descobertas recentemente. Por meio de finas redes, os cientistas recolheram pequenos pedaços de plástico e descobriram que os resíduos eram mais concentrados e permaneciam na superfície do mar por períodos mais longos em uma determinada região do Oceano Atlântico. Plástico no interior de um peixe. Nesta região, foram encontrados 200 mil fragmentos de resíduos por quilômetro quadrado, quantidade comparável à encontrada na grande mancha de lixo do Pacífico.
Os autores do estudo asseguram que estes fragmentos estão bastante dispersos e que ainda é cedo para afirmar que esta é uma “mancha” definida. No entanto, não se pode negar as consequências negativas destes materiais sobre os ecossistemas marinos. Ainda não existem estudos sobre o assunto, mas sabe-se que os animais estão consumindo estes resíduos, especialmente as aves que caçam na superfície do oceao. Mais: Estudos da Sea Education Association Mais sobre o o oceano: Proposta cria bônus de “Carbono Azul” para preservar oceanos e capturar as emissões Expedição ataca grande mancha de lixo no Pacífico Censo de vida marinha revela milhares de espécies das profundezas do oceano.
Fonte: BBC/SEA

Nenhum comentário: