domingo, 14 de março de 2010

O futuro não será uma eterna era Lula

O futuro não será uma eterna era Lula
Por Marcos Sá Correa(*)
Num debate que faz tempo a estridência enrouqueceu, a voz do agrônomo Eneas Salati soa como uma pausa de orquestra em aberturas sinfônicas. Chama atenção pelo silêncio. Ele tem algo a declarar sobre os efeitos da desordem climática numa política energética que joga todas as fichas nas hidrelétricas. Pede para isso “alguns minutos”.

Leia mais no Portal do Meio Ambiente
(*) jornalista e fotógrafo

Nenhum comentário: