domingo, 4 de março de 2012

Despedida de Nyash em Korogocho

Despedida de Nyash em Korogocho
Morreu, Stephen Nyash, comunicador  com quem alguns de nós estivemos em Nairóbi no Fórum Social Mundial de 2007 e em Dacar no FSM de 2011, no centro alternativo de midia, com a Indymedia África
Ele foi assassinado ao voltar de uma oficina, estupidamente. Era um educador natural e uma referência da comunicação alternativa e comunitária, não apenas da Rádio Koch, primeira rádio comunitária do Quênia, surgida em 2005, dentro de um container forrado com cascas de ovo,  mas também do 'Gheto Films'.
A militância comunitária de Korogocho que conhecemos em 2007, era de um grupo de jovens que vivia inventando formas de compensar a falta de escolas e alternativas para as crianças e jovens, criando atividades capazes de atraí-las para um lazer ligado às artes, cultura, esporte e à consciência sobre sua condição de comunidade em luta por direitos.
Alguns vídeos exibidos pelo movimento negro no Brasil, nos encontros dos Diálogos com a Africa pós FSM no Quênia, eram sobre isso. Nyash era uma liderança desse processo. Ele tinha uma frase que agora é lembrada: 'Sisi ni watumishi wa community' - Somos serviçais de nossa comunidade. (algo assim).
É uma perda que extrapola Nairóbi e deixou em choque pessoas de muitos lugares que um dia conheceram seu trabalho ou atuaram com ele.
Segue uma página sobre ele criada pelo Indymedia, que também fez uma pequena campanha entre os colaboradores da rede para enviar uma ajuda para a família do jovem assassinado e pensa em apoiar a criação de um fundo para que o trabalho que ele liderava continue. A ajuda à família - mulher, uma filha de 3 anos e um filho de 10 e a mãe - seria entregue hoje para as despesas do funeral e para expressar solidariedade.
Por Rita Freire
Fonte: REDE Os Verdes/via e-mail e Indymedia.Org

Nenhum comentário: