terça-feira, 22 de setembro de 2009

Marina Silva - artigo antes do Roda Viva

Marina: pesquisa para 2010 mostra preocupação com ambiente
Por Thiago Kiwi Direto de São Paulo
A senadora Marina Silva afirmou nesta segunda-feira diz que ainda é muito cedo para comentar resultados de pesquisas e intenções de votos para as eleições de 2010. Tida como possível candidata do Partido Verde à Presidência da República, Marina afirmou, no entanto, que, apesar de "antecipada", "a pesquisa mostra que a sociedade passou a levar em consideração a questão ambiental".
Levantamento realizado pelo Ibope aponta Marina como quarta colocada entre os principais possíveis candidatos à Presidência. A senadora aparece com 6% das intenções de voto, atrás do governador de São Paulo, José Serra (PSDB), a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff (PT), e o deputado federal Ciro Gomes (PSB).
"Temos essa mania de antecipação das eleições, mas isso é bom para o debate que acontece no País. Principalmente no debate sobre a questão do meio ambiente e do desenvolvimento", afirmou a ex-ministra do Meio Ambiente em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, que foi ao ar esta noite. Marina saiu do PT após 30 anos de militância e se filiou ao PV no último dia 30.
Tradicionalmente defensora dos biocombustíveis, a senadora também foi questionada da exploração do petróleo da camada pré-sal. Segundo a ex-ministra, o lucro obtido pelo petróleo deve ser usado para produzir "conhecimento e inovação tecnológica". Sobre a nova forma proposta pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre a exploração do combustível, Marina manteve-se neutra. "A modelagem que está sendo proposta é uma modelagem razoável. Muitas coisas ainda vão acontecer, principalmente relacionadas à tecnologia. Mas um projeto desta magnitude não deve ser aprovado às pressas", afirmou, se referindo ao caráter emergencial que Lula pediu ao Congresso sobre a aprovação das novas regras.
Fonte imagem e texto: Terra Brasil

Nenhum comentário: