quinta-feira, 15 de outubro de 2009

MPE do ACRE ingressa com Ação Civil Pública contra víuva de Chico Mendes e a filha do ambientalista

MPE do ACRE ingressa com Ação Civil Pública contra víuva de Chico Mendes e a filha do ambientalista
O Ministério Público Estadual do Acre abriu uma ação civil contra a viúva e a filha do seringueiro Chico Mendes, morto em dezembro de 1988. A viúva se chama Ilzamar Mendes. A filha, Elenira Mendes. Foram acusadas de improbidade administrativa. Junto com elas, Davi Cunha, marido de Elenira.
O signatário da ação é o promotor de Justiça Mariano Jeorge de Souza Melo. Protocolou-a na Vara Cívil da comarca de Xapuri. A ação foi formalizada na última sexta-feira (09/10).
Mas só agora veio à luz, graças ao repórter Altino Machado. O caso envolve a cifra de R$ 685 mil. Dinheiro público, repassado pelo governo do Acre ao ICM (Instituto Chico Mendes). Uma entidade sem fins lucrativos, que se dedica –ou deveria se dedicar— à causa da preservação do meio ambiente.
O instituto é presidido por Elenira Mendes, a filha do seringueiro cuja fama correu o mundo. Investigação conduzida pelo Ministério Público colecionou indícios de desvio da verba, amealhada por meio de convênios que a entidade firmara com o Estado.
Há na gênese do inquérito uma desavença familiar. O promotor Mariano Jeorge foi às contas do instituto depois de ter sido procurado por Deusamar Mendes. Vem a ser irmã de Ilzamar, a viúva de Chico Mendes. É casada com Zuza Mendes, irmão do seringueiro assassinado. Deusamar levou ao promotor cópias de recibos. Referiam-se a pagamentos supostamente irregulares feitos pelo Instituto Chico Mendes. Segundo o Ministério Público, parte dos desvios refere-se ao pagamentos de salários indevidos a Ilzamar e Elenira. Há também nos autos a acusação de que funcionários do Instituto Chico Mendes eram forçados a assinar recibos de pagamento em valores acima do recebido. Ouvidos pelo repórter Altino Machado, os familiares de Chico Mendes preferiram guardar silêncio. Elenira informou que cogita divulgar uma nota.
"O barulhinho que se ouve ao fundo é o ruído do seringueiro revirando no túmulo."
Saiba mais no Blog da Amazônia > http://blogdaamazonia.blog.terra.com.br/2009/10/13/viuva-e-filha-de-chico-mendes-sao-acusadas-de-desvio-de-dinheiro/
Fonte: Blog do Josias - UOL

Nenhum comentário: