quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Hospitais de Clínicas, Moinhos de Vento, Conceição e Cristo Redentor multados por descarte ilegal de lixo hospilatar em Novo Hamburgo

Hospitais de Clínicas, Moinhos de Vento, Conceição e Cristo Redentor multados por descarte ilegal de lixo hospitalar em Novo Hamburgo 
Os hospitais Moinhos de Vento, Conceição e Cristo Redentor (do Grupo Hospitalar Conceição, estatal do governo federal, comandada pelo PCdoB) e o Hospital de Clínicas (do Ministério da Educação), todos de Porto Alegre, e mais uma empresa fabricante de material hospitalar, foram multados nesta quarta-feira pela prefeitura de Novo Hamburgo, no Vale do Sinos. Eles foram identificados como os geradores do lixo hospitalar descartado de forma ilegal ao lado de um arroio da cidade na última segunda-feira.
A empresa autuada ao lado dos hospitais é a Planitrade Assessoria, Comércio e Representações também foi autuada. Cada um terá que pagar R$ 100 mil e tem prazo até às 12 horas desta quinta-feira para retirar o material, que foi levado para Central de Reciclagem Roselândia. De acordo com o secretário de Meio Ambiente, Ubiratan Hack, caso a determinação não seja cumprida a multará passará a ser de R$ 200 mil.
Um levamento realizado pela prefeitura apontou que os hospitais contratam uma empresa terceirizada que deposita os resíduos em São Leopoldo. A partir de agora, a Delegacia Especializada em Meio Ambiente irá investigar onde aconteceu a falha na destinação dos resíduos.
O Hospital Moinhos de Vento, considerado o mais sofisticado do Rio Grande do Sul, tem entre seus associados, conforme indicado pelo balanço de responsabilidades social, as seguintes pessoas: André Meyer da Silva, Arno Ary Schwuchow, Cleber Dario Pinto Kruel, Clovis Roberto M. Francesconi, Fernando A. J. Renner, Frederico Glitz, Ivo Luiz Lampert, Jorge Fuhrmeister, Jorge Gerdau Johannpeter, Jorge Luiz Logemann, José Adroaldo Oppermann, José Augusto Kliemann, Thomas Bier Herrmann, Werner Siegmann e William Ling.
Seu conselho de administração é composto por José Adroaldo Oppermann (presidente), Jorge Fuhrmeister, Jorge Luiz Logemann e Werner Siegmann (conselheiros). O Superintendente Executivo é João Polanczyk. Os outros hospitais são públicos.
Fonte: VideVersus

Nenhum comentário: