quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Ambientalista denuncia prática ilegal de caça de tartarugas na Bahia

Ambientalista denuncia prática ilegal de caça de tartarugas na Bahia
Ambientalistas da Organização Não Governamental PAT Ecosmar encontraram oito tartarugas presas em uma rede conhecida como caçoeira na manhã de sábado (13/10), na região de Mogiquiçaba, distrito localizado no município de Belmonte, a 695 km de Salvador.
De acordo com informações de Paolo Botticelli, coordenador da ONG, seis tartarugas foram encontradas mortas e duas estavam debilitadas. Após reanimação, as tartarugas foram soltas na praia da região. As outras passaram por necropsia, que apontou afogamento como causa da morte.
“Os animais foram encontrados em uma rede conhecida como rede de espera, que é feita com uma malha muito grande e, utilizada em alto mar, ela serve para prender peixes do tipo cação. Já quando elas são utilizadas na beira da praia elas servem para caçar tartarugas”, afirmou Botticelli.
Ele contou ao G1 que as tartarugas encontradas no litoral pertencem a uma espécie conhecida como ‘tartaruga verde’ e são capturadas para consumo ou venda. A prática é ilegal na região, que é uma Área de Proteção Estadual.
Fonte: G1

Nenhum comentário: