terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Ganhando milhões com negócios “verdes”

Ganhando milhões com negócios “verdes”

O jornal Times, que publicou no ano passado uma lista dos mais ricos e sustentáveis, lançou uma outra lista dos 20 empresários britânicos que ficaram ricos com produtos ou serviços “verdes”. Não é surpresa que o pioneiro em energia eólica, Dale Vince, que já estava na lista regular do times dos mais ricos, tenha levado o primeiro lugar, mas há vários outros exemplos de pessoas que provam também é possível ganhar dinheiro fazendo a coisa certa.

Do Mark Group—um negócio de família que vale 45 milhões de libras—que fez isolação em mais de 3000 casas por semana, a outros vários multimilionários donos da PV Crystalox—uma fabricante de placas solares— espera-se que os exemplos que aparecem nessa lista sejam o suficiente para persuadir empresários de todo o mundo de que não é necessário ter que escolher entre rentabilidade e sustentabilidade. E com Dale Vince falando ao Times que ele esta planejando lançar o seu supercarro ecológico, da a entender que essas pessoas também não estão apenas sentando em seus milhões, muito pelo contrário, estão arregaçando as mangas.

Com certeza essa lista é uma ótima munição para aqueles “céticos” que acreditam que os ambientalistas irão arruinar a economia, mas o que dizer sobre o argumento contrário (algumas vezes confusamente levantados por essas mesmas pessoas) de que a legislação climática é só para favorecer a elite a ganhar dinheiro mais rápido?

Dale Vince conseguiu seus 85 milhões de libras, mas eu acredito que isso não seja muito perto dos bilhões de dólares que fazem com carvão, areia, petróleo e outros combustíveis fósseis. Qual a sua opinião?

Fonte: Blog do Ambiente Brasil

Nenhum comentário: