sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Artista plástico chileno Selarón é encontrado morto em frente à escadaria de Santa Teresa

Artista plástico chileno Selarón é encontrado morto em frente à escadaria de Santa Teresa
O artista plástico chileno Jorge Selarón, de 65 anos, foi encontrado morto, na manhã desta quinta-feira, na Rua Manoel Carneiro, em frente à Escadaria do Convento de Santa Teresa - obra que o tornou famoso -, no bairro de mesmo nome, na região central do Rio. O corpo está no local à espera da perícia. Equipes da Divisão de Homicídios (DH) foram acionadas. Segundo as primeiras informações de agentes, o cadáver está carbonizado.
O jornal O Globo desta quinta revelou que o artista plástico estava sendo ameaçado por um ex-colaborador de seu atelier.
O sobrinho e o irmão desse ex-colaborador estão presos por envolvimento com o tráfico de drogas na região da Lapa. O acusado ameaçou esfaquear Selarón duas vezes, para obrigá-lo a entregar o dinheiro obtido com a venda de quadros.
A escadaria decorada por Selarón tornou-se um dos grandes pontos turísticos da Lapa e de Santa Teresa. A decoração dos 215 degraus - num total de 125 metros - começou em 1994. Foram utilizados mais de dois mil azulejos, de mais de 60 países.
As peças eram trocadas pelo artista plástico com frequência por outras enviadas por fãs, de modo que a obra estava em constante transformação. Selarón contava que, para conseguir fazer a escadaria, teve que vender mais de 25 mil quadros.

Nenhum comentário: