segunda-feira, 17 de maio de 2010

O que fazer com o lixo eletrônico?

O que fazer com o lixo eletrônico? 
A velocidade com que novas tecnologias são lançadas contribui para um consumo desequilibrado de artigos eletrônicos: a cada mês surgem aparelhos com novo design e processadores com maior capacidade. Em busca de um estilo de vida em sintonia com as tendências do momento, adquirimos bem mais do que necessitamos. 
O que fazer com aqueles celulares, computadores, impressoras, geladeiras, câmeras fotográficas digitais, brinquedos, televisores que não usamos mais? 
Quando compramos eletrônicos não imaginamos que possuam substâncias tóxicas, capazes de degradar o meio ambiente e afetar de forma grave a saúde humana. Computadores, para exemplificar, utilizam metais pesados em sua composição: mercúrio, chumbo, fósforo, cádmio, entre outros elementos químicos. 
A exposição breve ao chumbo provoca dores estomacais e de cabeça, a longo prazo prejudica o sistema nervoso, os rins, o sangue e o cérebro. Para se ter ideia, o tubo de raios catódicos de um único monitor de computador contém cerca de 1,5 kg dessa substância. 
A Organização das Nações Unidas (ONU) avalia que cerca de 50 milhões de toneladas de lixo eletrônico são descartadas anualmente em todo o mundo, e que esse número deverá crescer até 500% em dez anos. De acordo com o Greenpeace 5% do lixo sólido do mundo é eletrônicos, quantia semelhante à das embalagens plásticas. Na maioria das vezes o descarte é inadequado, feito em depósitos de lixo, em seguida recolhido por catadores, que queimam as peças para separar os metais e vendê-los. Ao serem queimadas são liberadas substâncias tóxicas, gerando uma fumaça cancerígena, espalhada pelo vento. 
Reciclagem e reuso são as únicas soluções para o problema. Doar aparelhos eletrônicos em bom estado é uma solução correta e eficiente. As empresas que vendem esses produtos são obrigadas por lei a receber os equipamentos eletrônicos descartados. Há iniciativas de recolhimento e reciclagem de pilhas e baterias em agências bancárias, ongs e shoppings centers, para citar alguns exemplos. Desfazer-se corretamente o lixo eletrônico é responsabilidade de todos , atitude indispensável para um padrão de vida sustentável. 
Veja aqui como o lixo eletrônico mundial pode ser descartado de forma incorreta.
Fonte: Esquecimento Global

Nenhum comentário: