sábado, 17 de julho de 2010

Onda de calor castiga a Europa

Mulher mergulha em fonte próximo ao Kremlin, em Moscou, para escapar do calor nesta sexta-feira (16).
Onda de calor castiga a Europa
Turistas apelaram para as fontes para se refrescarem em Roma. Na Rússia, pior seca em um século castiga as regiões rurais. Regiões da Europa enfrentavam temperaturas elevadas nesta sexta-feira (16), e a onda de calor castigava países como Itália e Rússia.
O calor na Itália obrigou turistas a apelar para as famosas fontes da cidade. A defesa civil colocou 18 cidades, incluindo Roma e Milão, em alerta máximo.
O calor deve continuar no fim de semana.
Em Moscou, moradores também apelaram para as fontes, ignorando apelo das autoridades sobre a qualidade da água. Próximo ao Kremlin, a temperatura atingiu 37 graus centígrados.
O calor também castiga as regiões rurais, que enfrentam as piores secas em mais de um século. Foi declarado estado de emergência em 18 províncias.
Foto: AP
Fonte: Canal G1

Nenhum comentário: