terça-feira, 28 de julho de 2009

Aquecimento Global

Aquecimento global "beneficiou Império Inca"
Um estudo de sedimentos encontrados na região de Cuzco, no Peru, sugere que o antigo Império Inca se beneficiou de um período de aquecimento global que durou cerca de 500 anos - exatamente na época em que aquela civilização conheceu seu maior apogeu.
O estudo, coordenado pelo pesquisador Alex Chepstow-Lusty, do Instituto Francês de Estudos Andinos em Lima, capital peruana, analisou como a evolução social e econômica verificada durante os anos incas se relacionam às mudanças climáticas nos Andes no mesmo período.

A conclusão é que séculos de temperaturas elevadas melhoraram as condições agrícolas e permitiram o cultivo de alimentos para sustentar uma população crescente e um exército poderoso. O estudo analisou uma seqüência de sedimentos do lago Marcacocha, localizado 12 km ao norte de Ollantaytambo, um dos grandes assentamentos incas, contendo evidências das mudanças climáticas ao longo de milênios.

A pesquisa foi publicada no número atual na revista científica Climates of the Past. Mais em:
http://noticias.terra.com.br/ciencia/interna/0,,OI3895011-EI238,00-Aquecimento+global+beneficiou+Imperio+Inca+diz+estudo.html

Nenhum comentário: