quinta-feira, 30 de julho de 2009

Grã-Bretanha: A Pátria das grandes caminhadas

A pátria das grandes caminhadas
Por Gustavo Faleiros

Nova Zelândia, África do Sul ou Peru? Quem planeja fazer uma trilha de longa distância – aquelas em que você passa dias caminhando pela mata - logo pensa em visitar parques nacionais nestes países.

Mas há uma outra opção que pode parecer surpreendente aos aventureiros mais experimentados: a Grã-Bretanha. É verdade. A pequena ilha européia, lembrada mais pelos agitos de Londres ou pelo uísque escocês, guarda uma imensidão de belas paisagens.

Com milhares de quilômetros de trilhas públicas, é possível conhecer a pé as regiões montanhosas do norte ou os pitorescos penhascos da costa do Atlântico, entre outras paragens.

A Grã-Bretanha (Inglaterra, Escócia e País de Gales), como nenhuma outra região no mundo, consolidou ao longo do século 20 uma rede de trilhas públicas que não estão confinadas a áreas protegidas, como parques nacionais e outras reservas ecológicas.

Veja slide show com experiência do repórter de O Eco em uma trilha na Escócia >

Nenhum comentário: