sábado, 20 de fevereiro de 2010

Polícia Ambiental faz soltura de 6,5 mil tartarugas tigre d’água

Polícia Ambiental faz soltura de 6,5 mil tartarugas tigre d’água
Na quinta-feira (18/02), em Pelotas, o Comando Ambiental da Brigada Militar e o Núcleo de Reabilitação da Fauna Silvestre da Universidade Federal de Pelotas (Nurfs/UFPel) realizaram a soltura de 6,5 mil tartarugas tigre d’água que nasceram dos ovos apreendidos em canteiros clandestinos descobertos no interior do município de Rio Grande no início de janeiro. Os répteis foram introduzidos em seu hábitat natural em um banhado do canal São Gonçalo.Esse foi o maior lote de tartarugas soltas, que nasceram a partir do dia 20 de janeiro, entre os 30 mil ovos apreendidos. Quantidade bem menor foi largada na natureza anteriormente, pois o Nurfs não dispõe de tanto espaço para abrigar todos os animais que estão nascendo. Para o início de março é aguardado o nascimento das demais tartarugas, cujos ovos continuam sob vigilância do Comando Ambiental da Brigada Militar.
Do total de 50 mil ovos inicialmente encontrados, análises do Nurfs haviam indicado que boa parte não eclodiria, pois o desenvolvimento dos embriões ficou comprometido pelo transporte do local da postagem até os canteiros, pelas condições de acondicionamento e por fatores ambientais.
Até o momento, nasceram seis exemplares albinos, que permanecem sob os cuidados e estudos do Nurfs, pois na natureza eles se tornariam presas fáceis pelas suas condições atípicas. Para os técnicos do Nurfs, foi uma surpresa esse número de albinos, já que é bastante baixa a freqüência de tartarugas nessa condição.
A soltura das tartarugas foi acompanhada pelo major Toni Robilar Pacheco, que responde pelo Comando Ambiental da Brigada Militar nas férias do coronel Agostini; pelos comandantes do 1º Batalhão Ambiental da BM, major Luiz Eduardo Ribeiro, e da 3ª Companhia Ambiental de Pelotas, capitão Márcio André Facin, e por Patrulheiros Ambientais Mirins, além de técnicos do Nurfs.
Fonte: CABM – Comando Ambiental da Brigada Militar
Assessoria de Imprensa Jornalista Jussara Pelissoli (RMT 6108)

Nenhum comentário: