sexta-feira, 25 de junho de 2010

MPF recomenda paralisação da construção de Angra III

 MPF recomenda paralisação da construção de Angra III
Análise de segurança e de acidentes graves não foi feita, diz MPF. Obras podem trazer risco à população da região, de acordo com documento 
Por Bernardo Tabak 
O Ministério Público Federal (MPF) em Angra dos Reis, no Litoral Sul do Rio de janeiro, enviou uma recomendação, nesta quinta-feira (24), à Comissão Nacional de Energia Nuclear (Cnen) e à Eletronuclear para que as obras da usina de Angra III sejam suspensas imediatamente.
O motivo, de acordo com o MPF, é o fato de a licença para a construção da usina ter sido concedida antes da realização de uma análise probabilística de segurança e acidentes severos, o que viola uma exigência da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA). 
De acordo com o procurador, a decisão de começar as obras de Angra III sem a realização da análise, “se efetivamente implementada, pode trazer risco adicional e ilícito à
população da região da Costa Verde e do Estado do Rio de Janeiro, e ao meio ambiente”. O procurador complementa: “risco este que pode dar ensejo a pedidos de indenização por danos materiais e morais.”

 Leia mais no G1 da Globo/RJ

Nenhum comentário: