domingo, 6 de junho de 2010

Partido Verde alemão completa 30 anos

Partido Verde alemão completa 30 anos 
De facção de protesto a ‘establishment’: os verdes celebram na Alemanha três décadas de existência em defesa de causas como pacifismo, proteção ambiental e direito das mulheres. O parlamentar grisalho Hans-Christian Ströbele, reeleito quatro vezes deputado no Parlamento alemão, ocupou sua cadeira pela primeira vez em 1985, como representante do Partido Verde.
“Na Alemanha, os verdes surgiram como críticos do sistema partidário vigente. Eles não queriam ser como os outros e por isso criaram uma série de critérios formais. Pretendiam fazer algo substancialmente distinto dos outros e não queriam ser um partido no sentido tradicional do termo”, lembra Ströbele, hoje com 70 anos.
Ameaças armamentistas
Cota para mulheres, a proibição de cargos partidários internos para deputados e uma direção divida por dois membros: essas eram algumas das novidades entre as diretrizes verdes. No início de 1980, surgiu o Partido Verde alemão, composto por membros de diversas pequenas facções verdes e alternativas. Estava mais que na hora de isso acontecer, relembra Ströbele. “Havia inconveniências graves na sociedade. Havia a ameaça de destruição de todo o mundo pela corrida armamentista”, recorda ele.
Leia mais > DW World

Nenhum comentário: