domingo, 11 de dezembro de 2011

Kepler Anuncia Descoberta da Primeira Mini-Terra

 Kepler Anuncia Descoberta da Primeira Mini-Terra
A última sensação na “Kepler Conference” é o sistema Kepler-20. De acordo com informação fornecida por Govert Schilling, um conhecido jornalista especializado em astronomia e autor de vários livros, Nick Gautier, um dos cientistas da missão Kepler, anunciou a [AstroPT:mais que] provável descoberta da primeira mini-Terra, um planeta de dimensão ligeiramente inferior à Terra.
Segundo Gautier, o planeta faz parte de um sistema quíntuplo e orbita uma estrela hospedeira, designada de Kepler-20 e também KOI-70, muito semelhante ao nosso Sol.
O planeta em causa, designado de KOI-70.04 (-70 refere-se à estrela, -70.01 ao primeiro planeta descoberto por trânsitos, -70.02 ao segundo, etc.), orbita a estrela a uma distância de apenas 9.6 milhões de quilómetros, com um período de 6.1 dias. A sua temperatura superficial deverá ser extremamente elevada, provavelmente na ordem dos 600 graus Celsius. A profundidade dos trânsitos conjugada com o raio da estrela hospedeira permitem deduzir para o planeta um raio de apenas 80 a 90% do raio da Terra.
Todos os planetas do sistema Kepler-20 estão mais próximos da estrela hospedeira do que Mercúrio relativamente ao Sol. Trata-se portanto de um sistema extremamente compacto, semelhante ao Kepler-11, por exemplo. A existência de três dos planetas do sistema foi confirmada por medições directas do seu efeito na velocidade radial da Kepler-20. Para estes planetas foram adoptadas designações oficiais de Kepler-20b, -20c e -20d. Kepler-20b e -20c têm massas de 8.7 e 16.1 vezes a massa da Terra, respectivamente. A massa de Kepler-20d ainda não é conhecida com exactidão mas é certamente inferior a 20.1 vezes a massa da Terra. Os três planetas têm raios entre 1.9 e 3 vezes o da Terra.
Fonte: AstroPT.Org

Nenhum comentário: