segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Ministério Público denuncia indústria de arroz parbolizado

 Ministério Público denuncia indústria de arroz parbolizado
Empresário foi acusado de poluição na 
Sanga da Charqueadas
O Ministério Público de Tapes ofereceu denúncia contra a empresa Importadora e Exportadora de Cereais Rosvare Ltda. Foram denunciados sob acusação de desrespeitar a licença ambiental obtida junto a Fepam e lançar efluentes industriais da parbolização do arroz na Sanga da Charqueadas.
A denúncia já foi recebida pelo Poder Judiciário dia 30 de novembro de 2011 e já foi determinada a citação dos acusado. O processo tramita sob o número 137/2.11.0001610-1 (CNJ: 0004642-51.2011.8.21.0137). 
A poluição da Sanga da Charqueadas nos termos da denúncia ocorreria desde 2005. Nos termos da peça criminal. No entendimento do Ministério Público não tem como propor a transação penal, tendo em vista “os motivos circunstanciados dos delitos, como também a repercussão social do fato, com abalo da ordem pública não recomendam a substituição da pena  por restritiva de direitos”
Ao encerrar a denúncia o Ministério Público consignou: “Note-se que, mesmo depois de autuados por grave ilícito ambiental, os denunciados continuavam  a praticar reiteradamente crimes. Sua conduta teve como objetivo o lucro pessoal em detrimento ao meio ambiente.”
Com Informações do Site Tapes.Com
Fonte: REDE Os Verdes/via Facebook

Um comentário:

Tiago Fernandes disse...

Essa porcaria toda, que acompanhamos quase que segundo-a-segundo pelo Movimento Os Verdes, produzida por essa frabiqueta do século passado em Tapes, tinha que ter fim! Essa porcaria toda é (foi) obra de gente que, além de não respeitar o meio ambiente, ainda não tem capacidade racional, intelectual, pra perceber que a coisa estava REALMENTE ficando preta pro lado deles! Desrespeitando tudo e a todos, sob a égide dos tostões e da boa convivência/conveniência com os polítiquetos locais. Gente sem formação, e, além disso, sem informação, que agora vão responder no lugar adequado por tudo aquilo que há anos e anos fazem... mesmo que muitos lutam pra que esse tipo de atitude não ocorra muito mais. Quero mandar um abraço pro meu amigo Júlio, editor deste site e um ferrenho defensor da lei, da coisa certa!