quarta-feira, 11 de julho de 2012

Plano de Governo do candidato Fortunati diz que Porto Alegre não possui lixão

Plano de Governo do candidato Fortunati diz que Porto Alegre não possui lixão 
O eleitor brasileiro que vai escolher o seu candidato a prefeito e vereador deve visitar o site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no endereço da internet http://www.tse.jus.br/.
Lá vai encontrar a divulgação das candidaturas em todas as cidades brasileiras que realizam nesse ano as eleições para prefeito e vereador.
No site do TSE constam os planos de governos dos candidatos a prefeito de cada cidade brasileira. O candidato José Fortunati (PDT), atual prefeito de Porto Alegre, entregou ao TSE o seu Plano de Governo que tem por título “PLANO PORTO ALEGRE MAIS, MELHOR, PARA TODOS”, o qual está publicado na sua íntegra no referido site. O eleitor de Porto Alegre, ao acessar o site do TSE pode conhecer o plano de governo do candidato Fortunati. Lá poderá fazer uso da ferramenta de pesquisa (binóculo) e inserir as palavras Meio Ambiente, Resíduo, Lixo, Lixão e Aterro Sanitário. 
O resultado da busca será o seguinte: 
a-    Meio Ambiente: citado 2 X
b-    Resíduo: citado 4 X
c-    Lixo: citado 6 X
d-    Aterro Sanitário: 0
e-    Lixão: citado 1 X 
Sobre lixão, o candidato Fortunati se refere em seu plano de governo, ao dizer que “estamos entre as capitais com as melhores práticas no tratamento de resíduos e não possuímos lixão – ações que reafirmam a vocação da cidade em relação aos cuidados com o meio ambiente”.
O candidato José Fortunati afirma que Porto Alegre não tem lixão. Talvez tenham “esquecido” que a capital gaúcha possui um LIXÃO.
Provavelmente o candidato Fortunati, durante o período em que foi vice-prefeito e atualmente como prefeito de Porto Alegre, não tenha ido até o “Lixão da Zona Norte”, popularmente como é conhecido esse empreendimento do Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU).
O eleitor pode acessar o programa Google Earth, e lá fazer um retângulo com as coordenadas A (29°59’26.80?S e 51° 8’43.15?O), B (29°59’26.31?S e 51° 8’28.74?O), C (29°58’43.31?S e 51° 8’45.47?O) e D (29°58’42.82?S e 51° 8’31.04?O), quando então terá por resultado a área total do famigerado “Lixão da Zona Norte”, obra construída pela Prefeitura de Porto Alegre.
Talvez não queiram falar no plano de governo sobre o “Lixão da Zona Norte”, por não ter que reconhecer que Porto Alegre possui esse monumental passivo ambiental, em se tratando de resíduo, ou ainda de lixo se assim preferirem, e que até hoje nada, absolutamente nada foi feito para a sua recuperação e do meio ambiente local.
Totalmente esquecido, o maior passivo ambiental de Porto Alegre, está lá no final da rua Sergio J. Dieterich, para que todos vejam o famigerado “Lixão da Zona Norte”.
Fonte: Mafia do Lixo/via e-mail

Nenhum comentário: