sexta-feira, 11 de junho de 2010

Radição de Celular e o Colapso das Colméias

Radição de Celular e o Colapso das Colméias
Parece que a radiação dos celulares e de outros eletrônicos não causa problemas apenas para os humanos.
Alguns cientistas estão culpando os celulares pelo sumiço de diversas colméias. A teoria segundo os cientistas é que a radiação interfere no sistema de navegação das abelhas, fazendo com que elas não saibam voltar para as suas “casas”.
Esse desaparecimento ocorre quando as abelhas operárias não conseguem voltar para as colméias e terminam morrendo, deixando apenas as rainhas, os ovos e algumas operárias imaturas, é chamado de CCD: Colony Collapse Disorder.
Os animais, parasitas e outras abelhas que atacariam o pólen e o mel se recusam a ir em qualquer lugar perto das colméias abandonadas.
Foi notado em grande escala no outuno do ano passado e já se espalhou Alemanha, Suiça, Espanha, Portugal, Itália e Grécia.
Uma das maiores apicultoras de Londres anunciou que 23 das suas 40 colméias foram abandonadas.
Outros apicultores também registraram perdas significativas na Escócia, País de Gales e no noroeste da Inglaterra.
A situação é preocupante: a maioria das culturas do mundo necessitam da polinização das abelhas. O estudo da Landau University verificou que as abelhas recusam a voltar para as suas colméias quando antenas de celulares são colocadas nas proximidades.
Dr. George Carlo afirmou que o sumiço em conseqüência da telefonia móvel é real. Mais recentemente, em decorrência de outro estudo, agora da Universidade Chandigarh’s Punjab, localizada na Índia mostrou algo bem parecido. Eles fizeram um experimento: colocaram uma colméia com “acesso” as radiações de aparelhos móveis que mandavam sinais alternados e outra que não possuia nenhum radiação de telefones móveis. Foi verificado que a colméia que possuía redes móveis teve uma queda de mais de 50% na quantidade de ovos produzidos e que as abelhas também deixaram de produzir mel.
Fonte: Folha Online e The Independent

Nenhum comentário: