segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Lixo - Coluna do Cícero do Regional de Notícias

Imagem: Internet
Lixo
Não sou ambientalista, não pertenço ao Partido Verde, nem mesmo sou exemplo do "cara" que faz tudo certo para preservar o meio ambiente, embora me esforce. Mas tem pessoas que exageram no “relaxamento”. Em viagens por esse interior em função de meu trabalho no jornal, fico abismado em ver como tem gente que parece não estar nem aí para as inúmeras campanhas nos veículos de comunicação, rádio, TVs, jornais, para que preservemos a natureza. Tem dona de casa que não se dá o trabalho de colocar o pé para fora da porta da cozinha para jogar o frasco vazio do óleo de soja no pátio; atira pela janela mesmo. Litros de refrigerante então, chegam ter "as dúzias" espalhados pelos terreiros de certas propriedades rurais. As sacolinhas plásticas parecem enfeites de Natal dependuradas em árvores e guanxumas ao redor de algumas casas. Quanto menor a condição financeira do indivíduo, parece que maior é a “porquice”.
Pô, Tenha dó! Pobreza não é sinônimo de “relaxamento”. Afinal são raras as casas que não possuem uma Televisão. Por menor que seja, velhinha, suja, mas ela faz parte do lar de mais de 90% da população. Será que não vêem as diversas campanhas "de como dispor o lixo"?
Quanto tempo leva um litro pet para desintegrar? Mas daí tem uns que dizem: “ - Ah! Isso é besteira de quem não tem o que falar”. Besteira é ficar ignorando o que está ocorrendo ultimamente com nosso clima. É não querer enxergar o que está diante dos olhos. Além do mais, morar numa casa com pátio limpo e bem cuidado é sempre um bom negócio e não custa muito.
Basta ter capricho.
Fonte: Coluna do Cícero no Regional de Notícias

Nenhum comentário: