domingo, 30 de agosto de 2009

Marina Silva diz que Partido Verde deve levantar bandeira da ética na política

Marina diz que PV deve levantar bandeira da ética na política
Por Hermano Freitas
A ex-ministra do Meio Ambiente, a senadora Marina Silva (AC), foi ovacionada neste domingo em São Paulo como candidata à Presidência da República pelos militantes do PV presentes na convenção que marcou sua filiação oficial ao partido. Marina afirmou que uma das suas exigências para entrar na agremiação foi a reformulação do programa visando a defesa do desenvolvimento sustentável e defendeu que o PV deve levantar a bandeira da ética na política. A filha de Chico Mendes foi uma das lideranças que homologaram a ficha de filiação de Marina.
Em uma luxuosa cerimônia no bairro de Pinheiros, na zona oeste de São Paulo, o PV homologou a filiação da ex-ministra com as assinaturas de Elenira Mendes, filha de Chico Mendes, José Luis Penna, presidente do partido, Eduardo Jorge, secretário do Verde e do Meio Ambiente da cidade de São Paulo, e do deputado federal Fernando Gabeira (RJ).
Entre as lideranças do partido presentes ao evento estavam também o ministro da Cultura, Juca Ferreira, o líder do PV na Câmara, deputado José Sarney Filho (MA), além de uma deputada do Parlamento Europeu, a francesa Catherine Greeze.

Um comentário:

TERROR DO NORDESTE disse...

Não quero polemizar, mas entendo que Marina, antes de falar em ética, deveria renunciar ao cargo de senadora obtido na legenda do PT.