sábado, 12 de março de 2011

Mobilização pelos rios Pelotas-Uruguai e Xingu Livres de Barramentos!

 Mobilização pelos rios
Pelotas-Uruguai e Xingu 
Livres de Barramentos!
SEGUNDA FEIRA - 14 de março
Dia Mundial Contra as Barragens,
16 h em frente a SEMA 
Rua Carlos Chagas, n. 55
Você já se perguntou?
Que impactos podem ser provocados pelas barragens da bacia do rio Uruguai (em especial Garabi-Panambi e Pai Querê)?
O complexo Garabi-Panambi faz parte de um conjunto de dez grandes hidrelétricas, em sequência, no rio Uruguai, concebidas em 1977, atingindo a Zona Núcleo da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica – UNESCO.
Se permitido, acabaria irreversivelmente com o Salto do Yucumã, destruiria 10% do Parque Est. do Turvo, inundando uma área equivalente a 150% da área do município de Porto Alegre (mais de 70 mil hectares), causando a morte de 10 mil hectares das últimas florestas ribeirinhas que sobraram no Alto Uruguai, em uma região tomada por monoculturas de soja.
Mais de 30 mil pessoas seriam obrigadas a deixar suas casas ou terras e 3 mil famílias de pescadores perderiam seus estoques de peixes nativos, como o dourado, e destruindo o Corredor Missioneiro da Mata Atlântica de Interior, que liga o Parque do Turvo ao Parque Nac. de Iguaçu, causando a extinção da onça e da anta, entre outras espécies, do RS.
Que Brasil estamos deixando para nossos filhos e netos?
INGÁ, NAT – Amigos da Terra, Igré, Diretório Acadêmico dos estudantes da Biologia da UFRGS www.sosriopelotas.worpress.com

Nenhum comentário: