quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Circo Romano Versão século XXI

Circo Romano Versão século XXI
A barbárie capitalista prestes a desenvolver no Brasil sua potencia Imperial na mais ampla impunidade Colonialista. A “bola” de Troia já esta rolando pelo país inteiro na perspetiva de tsunami. Até os mínimos espaços de soberania estão sendo violados junto aos direitos inalienáveis dos cidadãos Brasileiros. 
A Copa do mundo de 2014, simbolo de brindes e vitória será levantada pelos vencedores antecipados dos mega projetos imobiliários, meios de comunicação, telefonia e mais... Aplaudida fervente mente pelo sistema politico nacional que imitando o carcará se alimentará das sobras e migalhas para fortalecer seu campo de disputa em outro circo não menos lucrativo o picadeiro das eleições. Em outras palavras, o Brasil se convertera no Mega Shopping Fifa Colonial. É só mergulhar na Lei Geral da Copa, e se indignar com os “presentes” que traz a bola de Troia para nosso povo. 
É urgente abrir o debate profundo sob o conceito do esporte num Pais onde a politica pública nesta matéria vira de costas ao povo, deixando os mais desfavorecidos na cadeira do espectador da senhora Globo, sonhando com a fada madrinha dos filmes de Harry Potter. Resistir à este tipo de modelo antiesportivo, antipopular e de cunho populista, é uma luta e um dever da classe popular, de enfrentar os grandes projetos econômicos que aprisionam a prática do esporte dentro de seus mercados. 
O esporte é uma necessidade da natureza humana abrangente de saúde física, mental e comportamental, que aborda junto à educação intelectual, e a integridade do indivíduo, enquanto célula propulsora da reconstrução dos tecidos sociais e culturais. 
Porém “nossos” governos e governantes, veem aderindo comodamente a imposição de um sistema de consumo dominante e e excludente, além de poupar esforços e recursos financeiros, é mais lucrativo investir em outros fins colaborando sem a necessário critica, empurrando com a barriga e postergando o direito do Povo ao Esporte. 
Nesta pequena e simples opinião deixamos bem claro a diferença entre o mega projeto COPA FIFA de 2014 e a prática soberana e popular do esporte. 
Por isso é fundamental perguntar a toda “esquerda” social e politica: De que lado estamos??? A FIFA (Banco mundial, Bird, Coca Cola e outras transnacionais exploradoras) ameaça em suspender o evento, caso o governo brasileiro não aceite as condições impostas pela máfia do futebol mundial: Isso é um blefe! Uma estrategia de pressionar o governo e o povo, através dos interesses internos já em andamento. Para nos a fifa pode levar a sua copa elitista aos paraísos (Fiscais) ou mesmo ao quinto dos infernos. 
O movimento Utopia e Luta se posiciona ao lado do esporte como prática libertadora do ser humano, e radicalmente contra os despejos e aberrações de toda ordem, que provocará esta invasão colonialista e seus projetos de destruição da nossa biodiversidade e da soberania popular que tanto lutamos.
Abaixo o projeto de Belo Monte
Abaixo os mega projetos FIFA
Viva a luta do Povo Brasileiro
Viva o Poder Popular
Fonte: Utopia e Luta

Nenhum comentário: