segunda-feira, 4 de março de 2013

Até quando teremos mortes anunciadas

Até quando teremos mortes anunciadas 
Estamos todos impactados com a tragédia da boate Kiss de Santa Maria com a morte de 238 jovens, sendo que muitos morreram por terem inalado fumaça tóxica. Além dos mortos e da dor e sofrimento dela decorrente, muitos sofrerão com as sequelas físicas e emocionais daquela madrugada. O Plano de Prevenção e Combate de Incêndio – PPCI da boate ainda não apareceu. Ele existe? Se existe, estava atualizado? 
A falta de prevenção causa tragédias e sofrimentos de toda ordem. A ação do poder público deve ser rigorosa na fiscalização que garanta a segurança de todos. Mas não foi isso que ocorreu neste caso dramático e em tantos outros. Apesar do poder público ser o responsável pela fiscalização e autorização de funcionamento, não fiscaliza nem os seus próprios órgãos já que boa parte dos prédios públicos não tem PCCI atualizado. 
Não podemos esquecer que já ocorreram incêndios em prédios públicos do Estado. O Centro Administrativo do Estado continua sem PCCI atualizado mesmo já tendo ocorrido incêndio nas dependências da PGE. Bem como, as estacas continuam a ser a segurança dos servidores contra o desmoronamento após incêndio que atingiram dois andares do prédio da SEMA. Apesar do Estado já estar pagando aluguel há meses, consumindo recursos públicos elevados. O descaso e a irresponsabilidade dos gestores obrigam os servidores e visitantes dos prédios públicos a correrem riscos diários. 
Quantas vidas ainda serão perdidas para que se puna exemplarmente os culpados destas tragédias e se garanta segurança? Porque o Corpo de Bombeiro não interdita os prédios públicos que não tem PCCI atualizados como determina a legislação? 
Fonte: SINDSEPERS Jornal nº 22 - Fevereiro de 2013

Nenhum comentário: